Canil Municipal

Canil Municipal


O Canil da GCM de Valinhos conta com cães treinados que atuam na prevenção da criminalidade em espaços públicos, em ocorrências de buscas em mato, em ações preventivas em áreas de risco de tráfico de entorpecentes e em locais com maior incidência de furtos e roubos de veículos. Aos finais de semana, há um trabalho de segurança desenvolvido nos campos de futebol durante campeonatos municipais. Os animais também fazem apresentações chamadas “dog show” nas escolas e eventos promovidos pela Prefeitura.

Por conta da grande especialização, o Canil da GCM de Valinhos se tornou referência na RMC (Região Metropolitana de Campinas) ao oferecer cursos de capacitação para outras corporações da região.

 

NOVA SEDE

Aperfeiçoamento constante

O início da administração do Dr. Orestes Previtale Jr. foi marcado pela devolução de vários prédios do SESI, quando se vislumbrou uma oportunidade de economia, pois era possível abrigar vários setores da municipalidade que funcionavam em lugares alugados.

Uma das autarquias beneficiadas foi a GCM, Guarda Civil Municipal, que estava instalada no Parque Municipal Monsenhor Bruno Nardini e foi transferida para o antigo SESI 389, dando à corporação um local mais amplo. Porém, essa nova situação não contemplava o Canil da Guarda, ficando este no mesmo local de origem, até que instalações adequadas pudessem propiciar essa mudança.

O canil da GCM Valinhos começou a operar em 29 de julho de 2004 e somente foi regulamentado em 12 de dezembro de 2008, com o decreto nº 7.161. Nestes 15 anos de atividades, foram colecionadas muitas histórias de sucesso no combate à criminalidade, além de várias conquistas em apresentações e torneios. Tornando assim o canil da GCM referência e incentivo para outras corporações que buscavam em nossa cidade aprendizado e, dessa forma, iniciaram ou melhoraram seus canis.

Tudo isso foi possível graças ao empenho, dedicação incansável e contínua de vários guardas. Entre eles, destacamos o atual supervisor do Canil/Romu, Aparecido Ignácio, presente desde 2004.

No início de tudo, em 2004, a sede do canil começou sendo improvisada e modelada, recebendo modificações de acordo com as necessidades e quantidade de cães. Modificações essas muitas vezes executadas pelos próprios componentes da Guarda e, somente agora, 15 anos depois, essa corporação receberá uma estrutura idealizada e projetada para atuar como canil.

Os cães sempre acompanharam o trabalho dos GCMs na área central, em rebeliões, nas atividades de busca em mata e na procura de entorpecentes. Assim como na socialização junto à população, por meio de apresentações em escolas, casas de repouso, entidades e outros.

“Por muito tempo o canil de Valinhos foi considerado referência e ajudamos na criação de vários outros canis”, recorda Ignácio. A cidade recebia guardas civis de municípios vizinhos, como Paulínia, Jaguariúna, Amparo, Jundiaí, Campinas, Sumaré e Itapira, e da grande São Paulo, como Guarulhos, para ministrar cursos de cinofilia, que visa o desenvolvimento das raças caninas, e cinotecnia(estudo das técnicas).

O trabalho da equipe do canil com seus cães sempre ocupou as páginas nos meios de comunicação, como a localização de um bandido em 10 minutos por um dos cães em julho de 2005, e também sempre ganhou muita evidência em casos de apreensão de entorpecentes.

Alguns destaques:

Em 2004, a equipe passou por treinamento avançado na cidade de Rio Claro, na usina de Corumbataí. As técnicas eram muito utilizadas pelas Forças Armadas para exercícios militares e foi ministrada pela polícia americana.

Em 2007, dois cães da corporação receberam certificado de excelência em faro pelo sistema K9 (programa desenvolvido nos Estados Unidos para apreensão de drogas, localização de pessoas desaparecidas e rotinas policiais), conferido por um juiz norte-americano. Ainda no mesmo ano, a equipe valinhense sagrou-se vice-campeã no II campeonato Inter Canis do Brasil, com a participação de apenas dois cães. O torneio foi disputado por doze cidades e realizado em Sorocaba SP. Em primeiro lugar ficou São Caetano Do Sul, com a participação de 12 cães. 

Em 2015, o grupo recebeu capacitação em técnicas israelenses, ministradas pelo israelense Ari Ravel, visando o aperfeiçoamento dos cães.

Para o prefeito Dr. Orestes Previtale Jr., todo esse trabalho com excelentes resultados não pode acabar. O novo concurso público possibilitará o aumento do contingente da Guarda Municipal, fator de renovação e continuidade, visto que os mais velhos, um dia, se aposentarão. Ficando então para os novatos de agora a missão de perpetualização desaa nobre atividade.

“As novas instalações do canil demonstram um reconhecimento e incentivo do trabalho até então realizado na cidade”, acrescenta o supervisor Aparecido Ignácio.
 

Abaixo quadro de participantes da história do canil
Nº    Nome                                            Matrícula         Data Admissão
1    Aparecido Ignácio                           21812              22/03/1995
2    Leandro Pereira Da Silva               22156              28/08/2000
3    Marcio Roberto Banhe                   20877              24/03/1992
4    Márcio Luiz Pires                           20929               27/09/1993
5    Marcos Lima Medeiros                  20933               24/05/1995
6    Vagner Lapresa                             20983               04/01/1999
7    Fabiano Roberto De Souza           21472               01/02/2000
8    Sandra Luiz Magalhães Miranda   22986               22/12/2003
9    Thiago Lopes Dos Santos             24401               06/06/2011
10    Marcos Vinicius Da Silva             24397               06/06/2011
11    Jones Benedito Valério                20952               04/01/1999
12    João Carlos De P. Screpante      20922               04/01/1999
13    Valtencir Pelegrini                       22932               08/10/2003
14    Atus Augusto                               21745               05/04/1999
15    Rudson Marcel Tonini                  25216              05/06/2014
16    Sidnei Batista dos Santos           22908              12/03/2003

Em nome do Prefeito Dr. Orestes Previtale Jr., nosso muito obrigado por terem feito tudo isso acontecer.