Prioridades

- Aperfeiçoar e ampliar o atendimento emergencial e de socorro para a solução mais imediata dos problemas das pessoas mais necessitadas, ou, em situação de risco devidamente triadas e cadastradas, cujos recursos disponíveis estão muletas, cadeiras de rodas, bengalas, cadeiras de banho, andadores, despensa de alimentos, agasalhos e cobertores, vestuários, calçados, donativos, além de encaminhamento médico-hospitalar, assistência social, e outros.

- Apoio às entidades públicas e particulares, credenciadas, de assistência social, por meio das campanhas e eventos beneficentes;

- Organizar programas de geração de renda e emprego, executando projetos e práticas de preparação para o trabalho e melhoria das condições de sobrevivência;

- Promover campanhas de caráter beneficente, com envolvimento geral da comunidade, estimulando o espírito solidário, a responsabilidade social e o exercício da cidadania;

- Apoiar e promover iniciativas de atenção prioritária à mulher, ao idoso, ao deficiente, às crianças e aos adolescentes;

- Buscar parcerias no poder público (secretarias municipais) e nas instituições civis: como empresas, ONG, igrejas, escolas, clubes, entre outras, para o desenvolvimento dos projetos e campanhas;

- Incentivar o trabalho voluntário;