Banco do Povo reduz juros para auxiliar os pequenos negócios

O Banco do Povo, órgão do Governo do Estado de São Paulo que tem escritório em Valinhos gerenciado pela Prefeitura, reduziu a taxa de juros e ampliou os prazos para contratação de empréstimos para microempreendedores. O objetivo é promover o desenvolvimento socioeconômico durante a pandemia do novo coronavírus no Estado de São Paulo, época em que boa parte do comércio está fechada devido ao decreto de quarentena por causa da doença.

Segundo o banco, micro e pequenas empresas, informais e autônomos podem ter acesso a financiamentos com valores entre R$ 200,00 e R$ 20.000,00 para atravessar o momento de crise provocado pela pandemia.

A contratação será simplificada. Não é preciso ir até uma agência do banco. Ao entrar no site, o interessado preenche um cadastro, faz a solicitação e tem a resposta on-line, sem precisar sair de casa.

Entre os atrativos oferecidos está a redução da taxa de juros, de 1%  ao mês para 0,35% ao mês. O Banco do Povo ainda aumentou o prazo de pagamento de 24 para 36 meses – neste ponto já está incluída a carência que mudou de 60 para 90 dias.

Os benefícios são direcionados a pessoas jurídicas de micro e pequenos negócios formais (MEI, ME, LTDA, EIRELI); e também microempreendedores urbanos e rurais, inclusive do setor informal. As taxas são pré-fixadas, o que significa que o valor fica pré-estabelecido para todas as parcelas no momento em que é feita a contratação.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico de Valinhos, Luís Gustavo Bottura Previtali, a ação é uma importante ferramenta para que os pequenos empresários atravessem esse momento de crise. “Os pequenos estabelecimentos que não são de categoria essencial devem permanecer fechados neste momento, segundo decreto do governo do Estado, e podem usar essa linha de crédito de forma alternativa para formar fluxo de caixa e capital de giro. Dessa maneira, vão estar melhor preparados para esse período crítico”, disse.

Segundo Emerson Ferrari, presidente da Associação Comercial e Industrrial de Valinhos (ACIV), comemorou o anúncio da redução das taxas e aumento dos prazos dos financiamentos do Banco do Povo. "Estamos empenhados, desde o anúncio dessa linha, para levar as informações rapidamente aos empresários de Valinhos. É uma alternativa importante, uma vez que eles estão com dificuldades e buscando formas de minimizar os prejuízos causados por essa crise do coronavírus", disse.

O banco também aumentou o limite de concessão de crédito sem avalista, que passou de R$ 1.000,00 para R$ 3.000,00.

Os empreendedores só poderão buscar crédito nos municípios onde estão instalados os seus empreendimentos, mediante comprovação de endereço

Serão oferecidos R$ 25 milhões em linhas de microcrédito para empreendedores de pequenos negócios. O banco informa que será feita análise de crédito e vai precisar de comprovação de endereço.  O solicitante, obrigatoriamente, deverá ser o mesmo cadastrado no CNPJ, respondendo oficialmente pelo negócio.

Itens que poderão ser financiados pela linha de crédito:

- Aluguel de imóvel para o empreendimento de até 2 meses para empreendedores formais e informais;

- Conta de consumo como conta de água, gás, luz, telefone e internet do estabelecimento comercial;

- Mão de obra e encargos sociais do empreendimento;

- Pagamento de boletos de mercadorias que já foram adquiridas;

As linhas de crédito oferecidas são as seguintes:

- Investimento Fixo sem Alienação Fiduciária. Os investimentos fixos incluem animais para tração, recria, produção de ovo mel e leite. Também todos os equipamentos, como aqueles para a agricultura e para veículos, além de estrutura física que inclui ar condicionado, alarme, etc., ferramentas de trabalho, mercadorias para locação, e bens informáticos.

- Investimentos Fixos com Alienação Fiduciária. Estes investimentos são usados ao mesmo tempo como garantia do crédito. Incluem: caminhonetas, motocicletas, ciclomotores, utilitários e caminhões. O prazo para produtor informal pessoa física é de até 24 meses, e para pessoa jurídica, de até 36 meses. As associações e cooperativas têm os mesmos prazos que as pessoas jurídicas.

- Capital de Giro. O capital de giro é composto por todos aqueles recursos que servem para manter o fluxo da empresa. É para as despesas a curto prazo, e para permitir a compra de tudo aquilo que aciona o funcionamento da empresa no dia-a-dia. Entre outras coisas, inclui sementes, fertilizantes, animais para comercialização, animais para cria, manutenção do estoque que serve para o ciclo de circulação, preparação de solo e diversos tipos de vasilhame, como botijões de gás, caixas, garrafas, extintores de incêndio e galões de água. O prazo de pagamento será de até 12 meses no máximo para pessoas físicas e de até 24 para pessoas jurídicas. As associações e cooperativas têm os mesmos prazos que as pessoas jurídicas.

Limites dos Créditos

Vão depender do tipo de beneficiário: se é pessoa física, pessoa jurídica, ou associação cooperativa. São os que se detalham abaixo:

Para produtores rurais

- Aqueles que são pessoa física, são classificados como produtores rurais e não precisam de CNPJ. O requisito é desenvolver algum tipo de atividade produtiva em Valinhos.

Também para as pessoas físicas, é preciso ter residência ou ter um empreendimento ativo há pelo menos dois anos.

Para as pessoas jurídicas

É preciso CNPJ, além de uma série de requisitos.

O primeiro deles é não ter nenhum tipo de restrições cadastrais em nenhum órgão, como o SCPC, SERASA ou CADIN do Estado.

O faturamento bruto da empresa deve ser de até R$ 360 mil nos últimos 12 meses.

Além do mais, as garantias exigidas são um fiador, e a alienação fiduciária para o caso de veículos rodoviários, carretas, e outros como motocicletas, ciclomotores e trailers.

Onde solicitar o financiamento

https://www.bancodopovo.sp.gov.br/

Informações

O Banco do Povo coloca os seguintes números à disposição para dúvidas e esclarecimentos. O contato pode ser feito por telefone ou mensagem de WhatsApp:

(11) 97352-8802

(11) 97207-8260

(11) 94159-5378

(11) 95781-6196

(11) 94498-4385

(11) 99842-9275

(11) 95666-7134

 

08/04/2020