Educação de Valinhos adere a cartilha para alunos em casa

Material atende da Educação Infantil ao Ensino Fundamental e pode ser baixado no site da Prefeitura

A Secretaria de Educação de Valinhos aderiu à Cartilha com Orientações e Materiais para a famílias utilizarem junto com seus filhos estudantes no período da quarentena.

O Governo Estadual prorrogou a quarentena por mais quinze dias. A Prefeitura de Valinhos aguarda a publicação do decreto pelo Governo do Estado para adotar novas medidas na cidade. A previsão é de que as aulas continuem suspensas em toda Rede Municipal de Ensino.

A cartilha foi disponibilizada pelo Governo do Estado em parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) no dia 30.

A Cartilha pode sr acessada pelos pais no portal da prefeitura, na área da Secretaria de Educação, através do link http://www.valinhos.sp.gov.br/governo/educacao/cartilha-com-orientacoes-e-materiais, ou através do Educa Cidade Digiltal, sistema da Secretaria de Educação a que os pais têm acesso.

O secretário de Educação, professor Zeno Ruedell, disse que a opção de utilizar o material é uma forma de oferecer às famílias dos estudantes valinhenses, que estão em isolamento social, material de apoio ao estudo em casa.

“Estávamos em busca de um material didático de confiança e de fácil assimilação para todos os níveis de educação em que atuamos, da Educação Infantil ao Ensino Fundamental, e essa parceria da Secretaria de Educação do Estado com a Undime atende às nossas expectativas”, disse Ruedell.

Objetivo

Após reunião com a Direção Pedagógica, a Secretaria de Educação optou por aderir ao material. “Esse é o melhor caminho a seguir neste momento, pois se trata de um material objetivo, composto por uma cartilha de dezesseis páginas com boas orientações didáticas aos pais”, explicou Ana Angélica Júlio, diretora pedagógica da Secretaria de Educação.

A cartilha também oferece várias dicas de brincadeiras para serem realizadas com os bebês e as crianças. O acesso pode ser feito por escaneamento do QRCode que consta nas páginas 5 e 6.

O material tem ainda dicas para os familiares, como contação de histórias e outras alternativas de apoio aos estudantes.

Quarentena

Desde o dia 23 de março, a Secretaria de Educação suspendeu as aulas em toda Rede Municipal, medida que atingiu diretamente mais de 12 mil alunos que frequentam os Centros Municipais de Educação Infantil (CEMEIs), as creches municipais, inclusive as creches contratadas, Escolas Municipais de Educação Básica (EMEBs) de ensino infantil e fundamental.

O retorno das aulas está previsto para o dia 22 de abril. “Como afirmamos desde o início, é uma medida excepcional em função da pandemia do coronavirus, não se trata de férias e, sendo assim, queremos oferecer aos pais alunos material e mecanismos para que se mantenham sintonizados com a rotina escolar”, explicou o secretário.

Esse material, segundo ele, busca minimizar os efeitos de afastamento temporário e suspensão das aulas em função da quarentena. Ainda de acordo com o secretário, esse período de suspensão das aulas será reposto obedecendo as determinações do Ministério da Educação.

Didática

A cartilha orienta os pais de alunos do Ensino Infantil, Fundamental e EJA (Educação de Jovens e Adultos) de maneira didática a preencher os dias da semana, de segunda a sexta-feira, através de um cronograma de atividades dividido por dia e período, manhã, tarde e noite.

“Esse material conta com orientações e atividades que poderão ser realizadas com bebês, crianças, jovens e adultos, já que é um guia construído para a Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio e para os discentes da Educação de Jovens e Adultos (EJA)”, comenta a diretora Ana Angélica. Ela lembra que o material não substituirá o trabalho dos professores em sala de aula.

07/04/2020