Festa do Figo recebe 150 excursões de turistas

A 62ª Festa do Figo e 17ª Expogoiaba, que terminou no último dia 30, recebeu nos três fins de semana o total de 150 excursões, incluindo o dia 25 de janeiro, feriado em São Paulo. No mesmo período, por este meio, cerca de 5 mil pessoas visitaram o evento. A maior parte das lotações são provenientes das cidades do Estado de São Paulo, mas também houveram excursões de outros Estados como Rio de Janeiro e Minas Gerais.
De acordo com o diretor do Departamento de Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Empresarial e Turístico, Vlademir Veche, o “Biskui”, o número de excursões é resultado direto da divulgação da Festa do Figo junto a agências de turismo e companhias de viagens. “Esse trabalho de divulgação começou a ser feito desde novembro de 2007, por meio de mala direta e também pelos impressos confeccionados pela Comissão Organizadora”, explica.
Segundo Veche, boa parte dos veículos de menor porte, como vans, vem de cidades como Hortolândia, Holambra, Indaiatuba, Mogi Mirim, Mogi Guaçu, Jaguariúna e Sumaré.

Cerca de 1600 visitantes conhecem região agrícola

A principal região agrícola de Valinhos foi visitada por mais de 1600 pessoas nos três fins de semana da Festa do Figo. Os turistas tiveram a oportunidade de conhecer por meio do Agroturismo, passeio oferecido pela comissão organizadora da festa, as plantações de figo, goiaba, uva e outras frutas.    
O diretor do Departamento de Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Empresarial e Turístico, Vlademir Antonio Veche, o “Biskui”, conta que o roteiro pela principal zona rural do município, além de toda a beleza da paisagem do local, incluiu três paradas. Duas delas em propriedades rurais. O Sítio Kusakariba, com produção de goiaba, pêra japonesa, ceriguela, compotas, doces e artesanatos. E a Chácara Boa Esperança produtora de uva, figo, milho, feijão, vinhos, licores e grapa. Nos dois sítios, os visitantes puderam fazer degustação e adquirir os produtos oferecidos a preços convidativos.
A terceira parada foi no Camping Macuco Lazer e Parque Aquático, área para camping, chalés, lagoa, complexo aquático, trilhas, lagoas para pesca. Ao todo, o agroturismo tem duração de aproximadamente duas horas.

Mais de 320 visitantes participaram do city tour

O City Tour pela cidade foi uma outra opção de passeio oferecida aos turistas durante a Festa do Figo. Mais de 320 visitantes, acompanhados por guias, participaram do roteiro que incluiu diversos pontos que contam um pouco sobre a história de Valinhos e o papel deles no desenvolvimento do município.   
O passeio percorreu o Centro de Convivência “Brasil 500 Anos”, a Prefeitura, as indústrias Rigesa, Cartonifício Valinhos e Unilever, a Faculdades Anhanguera de Valinhos, o Museu Municipal Fotógrafo Haroldo Ângelo Pazzinatto, o Viaduto Laudo Natel, a Fazenda Flávio de Carvalho com  uma parada na Casinha do Figo e outra na adega Vila Tordin, onde os visitantes puderam degustar e adquirir produtos, como figo com chocolate, doces, compotas, licores e vinhos.