Gincana da Solidariedade mobiliza alunos de mais de 30 escolas

    A 5ª edição da Gincana da Solidariedade, promovida pelo Fundo Social de Solidariedade de Valinhos com o apoio da Secretaria da Educação, tem novamente um papel importante para alavancar as arrecadações de brinquedos e alimentos para a Campanha de Natal do órgão “Seja Papai Noel para quem não tem nenhum”, desenvolvida desde 2005. A ação, iniciada no final de outubro, agora entra na reta final e está mobilizando todos os alunos de 33 escolas, entre municipais, estaduais e particulares, que têm até o próximo dia 26, quinta-feira, para contribuir e assim, como nos anos anteriores, atingir marcas expressivas. Em 2008, por exemplo, os alunos foram responsáveis pela maior parte da arrecadação que somou cerca de 4 toneladas de alimentos e 2 mil brinquedos em prol da campanha.

     Para a presidente do Fundo e primeira-dama, dra. Adriana Di Nardo Silva, o objetivo da gincana é unir forças entre os alunos das escolas públicas e particulares em prol das famílias carentes. “É uma maneira de mobilizar e despertar, especialmente as crianças, para a prática da solidariedade”, acredita dra. Adriana. Assim como nos quatro anos anteriores, a gincana é dividida em categorias que envolvem os alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio. As escolas campeãs receberão troféus e participarão de um sorteio, cujo prêmio será um passeio para 80 alunos no Camping Macuco no dia 10 de dezembro.

    A diretora da EMEF (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Luiz Antoniazzi, do bairro Santo Antonio, Margarete Montavani Canisella, diz que o foco da escola é estimular a doação e a solidariedade, temas trabalhados nas atividades extracurriculares. “A premiação não é nossa prioridade. Estimulamos os pais dos alunos a ajudarem as famílias que não têm condições e que podem ser beneficiadas com as cestas de alimentos no Natal. As crianças também gostam de doar seus brinquedos, pois sabem que eles chegarão para as mãos de outras crianças”, diz.

     Da mesma opinião é a diretora da EMEI (Escola Municipal de Educação Intantil) Dona Estephania de Carvalho Vieira Braga, no Jardim Pinheiros, Edna Mori, que vê na campanha do Fundo Social uma grande oportunidade de trabalhar o sentido da cooperação entre os pequenos alunos de 4 a 6 anos. “Nada mais justo do que incentivar ações de ajuda ao próximo. O nosso papel como educador não se limita a oferecer conhecimentos, mas despertar sentimentos nestas crianças, como solidariedade e partilha, levando-as a ser bons cidadãos”, fala a diretora.

Outras ações
            Para mobilizar toda a comunidade, além da gincana, o Fundo distribuiu cerca de 100 caixas coletoras de donativos oferecidas pela Rigesa e distribuídas em mais de 50 locais, como comércio, bancos, condomínios residenciais, empresas e espaços públicos. Desta forma, a arrecadação de brinquedos em bom estado de conservação e alimentos não perecíveis será até o dia 11 de dezembro. Em 2008 foram doadas pela comunidade cerca de 5 toneladas de alimentos e 5 mil brinquedos.

    A entrega dos donativos às famílias cadastradas será no dia 20 de dezembro durante a festa “Natal Feliz” no Ginásio Municipal de Esportes “Vereador Pedro Ezequiel da Silva”, que é especialmente decorado. Na festa do ano passado, o Fundo beneficiou cerca de mil famílias com kits de alimentos e quatro mil crianças que puderam pessoalmente escolher os brinquedos que queriam levar para casa.

Cadastro

    Para serem beneficiadas com kits de alimentos e brinquedos arrecadados pela comunidade na 5ª Campanha de Natal “Seja Papai Noel para quem não tem nenhum”, promovida pelo Fundo Social de Solidariedade de Valinhos, as famílias carentes do município devem se cadastrar na nova sede do órgão, localizada na Rua José Milani, nº 258 (em frente ao Cartório), no Centro, até esta quinta-feira, dia 19, mediante apresentação de RG, comprovação de renda familiar de até dois salários mínimos e de endereço. Segundo a presidente do Fundo e primeira-dama, dra. Adriana Di Nardo Silva, assim como nos anos anteriores, o objetivo do cadastramento iniciado nesta segunda-feira, dia 16, é a realização de uma triagem sócio-econômica e evitar a duplicidade de atendimento.

    O Fundo também realiza até quinta-feira o cadastro para as famílias que residem em regiões distantes do Centro, utilizando o espaço das escolas dos bairros Capivari, Reforma Agrária e Parque Portugal, e dos CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) localizados no Jardim São Marcos e São Bento do Recreio. As entidades assistenciais do município também fornecerão a lista das famílias atendidas por elas que necessitam dos donativos. Informações podem ser obtidas pelo telefone 3871-2988.

    A entrega dos donativos às famílias será no dia 20 de dezembro, mediante apresentação da senha do cadastramento, durante a festa “Natal Feliz” no Ginásio Municipal de Esportes “Vereador Pedro Ezequiel da Silva”, que é especialmente decorado. Na festa do ano passado, o Fundo beneficiou cerca de mil famílias com kits de alimentos e quatro mil crianças que puderam pessoalmente escolher os brinquedos que queriam levar para casa.