Guarda municipal busca o Ouro no Mundial de Luta de Braço 

Competidora, que trouxe duas medalhas de bronze a Valinhos no ano passado, está em busca de patrocínio  

A atleta e guarda civil municipal de Valinhos Rose Santos está de malas prontas rumo ao Mundial de Luta de Braço, que acontece entre os dias 26 deste mês e 7 de novembro, na Romênia. Única representante de Valinhos na luta com ambos os braços, a atleta foi recebida no gabinete do prefeito Orestes Previtale nesta terça-feira (8). Confiante, disse que tem como expectativa trazer para casa as medalhas de Ouro, já que em 2018 voltou ao Município com o par de Bronze nas malas.

Rose contou sua trajetória vitoriosa ao prefeito, sua luta para conseguir patrocínio e revelou a estratégia para arrecadar recursos para ir ao Mundial. “Estou vendendo pizzas”, contou. Para os interessados em contribuir com a arrecadação comprando pizza, basta reservar por R$ 25,00 e buscar a pizza na Associação Clube de Mães, no Parque Municipal Monsenhor Bruno Nardini, na sexta-feira (11), das 15h às 19h. A reserva deve ser feita pelo telefone (19) 97408-2942 até sexta-feira (11).

O custo para representar Valinhos no Mundial chega a R$ 8 mil, entre passagens, hospedagem, inscrição, locomoção e alimentação. Sensibilizado com a peregrinação, o prefeito fez uma contribuição simbólica em seu nome pessoal. “É sensacional o nome de Valinhos ser levado para outro lado do mundo e sabemos que isso não é fácil. Valinhos tem uma atleta de ponta”, exaltou o prefeito.

Competindo na categoria Sênior, de até 70 quilos, com os dois braços, ela é a única valinhense num grupo de 11 atletas que embarcarão para a cidade Constância, na Romênia. “É a segunda vez que participo do Mundial. Trouxe as medalhas de Bronze na minha primeira participação”, orgulhou-se, lembrando que a competição foi na cidade Antalya, na Turquia.
     
Este ano, a briga é pelas medalhas de Ouro. “Já estudei as adversárias e trabalhei para melhorar meu rendimento. Foquei nos treinos específicos”, contou, sobre sua preparação. Na Prefeitura, Rose ainda apresentou suas conquistas à vice-prefeita, Laís Helena, que também contribui simbolicamente com a atleta. “Ela é uma mulher de garra, de luta e que vai buscar seus objetivos. Ela é vitoriosa”, elogiou.

“O Mundial tem um peso muito maior. Eu vou representar o País”, afirma a guarda municipal. Para ela, levar o nome de Valinhos para o outro lado do mundo é uma força a mais. “Eu tenho orgulho de representar a cidade”, afirmou. A expectativa dos organizadores é de que o Mundial reúna 90 países, com cerca de 2,5 mil atletas, em diversas categorias.

Só este ano, A guarda civil contabilizou 16 medalhas conquistadas em campeonatos. A mais recente é a Copa Brasil, em agosto, em que competiu nas categorias Sênior e Máster, até 70 quilos, com ambos os braços, pela Confederação Brasileira de Luta de Braço e Halterofilismo.
           

08/10/2019