Igreja Matriz lidera votação das 14 Maravilhas de Valinhos

Resultado foi anunciado com votação das 7 Maravilhas Existentes e 7 extintas

A Matriz de São Sebastião é a principal maravilha de Valinhos, de acordo com os moradores. Com 1.303 votos, a igreja foi a mais votada entre as 64 candidatas a Maravilhas Existentes de Valinhos. O anúncio do resultado da votação das 14 Maravilhas foi feito na noite desta segunda-feira (11), durante cerimônia realizada pela Associação de Preservação Histórica de Valinhos (APHV), em parceria com a Secretaria de Cultura, no Plenarinho da Câmara Municipal.

Os valinhenses escolheram como as Sete Maravilhas de Valinhos a Matriz São Sebastião, o Jequitibá, o Camping Macuco, a Serra dos Cocais, a Casa Flávio de Carvalho, a Sede da Associação do Clube de Mães (Cear) e o Centro de Lazer do Trabalhador Ayrton Senna da Silva.

Entre as Sete Maravilhas Extintas, o primeiro lugar, com 1.126 votos, foi o antigo Armazém da Família Pozzuto, que funcionava na esquina da Avenida 11 de Agosto com a Avenida Independência.  Na sequência vieram  a Fonte Luminosa da Praça Washington Luiz, o Pombal da Praça Washington Luiz, a Primitiva Matriz de São Sebastião , a Cabine de Controle do Tráfego Ferroviário, a Primitiva Capela de Santa Cruz e o Coreto do Largo São Sebastião.

Um dos destaques entre as sete maravilhas existentes é a sede do Centro de Artesanatos dos Clubes de Mães (Cear), prédio de 1910, onde funcionou a primeira Delegacia de Valinhos.

Outro destaque é a majestosa Casa Flávio de Carvalho, patrimônio nacional. Marco da arquitetura modernista do Brsil, a casa foi construída entre 1929 e 1936, com um estilo revolucionário.  Nas décadas de 1940, 1950 e 1960, a casa foi um importante centro de artistas e intelectuais de expressão internacional.

As beleza naturais fizera com que o Macuco Lazer & Park Aquático (Camping Macuco) ficasse na 7ª posição.  Fundado há 35 anos, localizado numa das regiões mais belas da cidade, é um dos principais atrativos turísticos de Valinhos.

Outro símbolo natural de Valinhos, o imponente Jequitibá Rosa, na Estrada dos Jequitibás, garantiu sua posição entre as maravilhas existentes. Estima-se que a árvore tenha ao menos 300 anos de idade, com uma copa de cerca de 100 metros de diâmetro.

Objetivos

“Atingimos nossos objetivos e acreditamos que as 14 Maravilhas anunciadas estão em concordância com os anseios da comunidade valinhense e irão impactar as ações de preservação de nosso patrimônio e também o turismo”, disse o presidente da APHV, Marcel Pazinatto.

Segundo o secretário de Cultura de Valinhos, Rodrigo Paulo Ribeiro, o Big, o projeto das 14 Maravilhas alimentou o imaginário do valinhense, que, ao longo dos meses de votação, pôde escolher entre as 62 candidatas a Maravilhas Existentes e as 29 Extintas aquelas que melhor representam  o patrimônio histórico e também a cultura local.

“Quero parabenizar a APHV pelo bonito trabalho realizado e dizer que a escolha das 14 Maravilhas irá trazer importantes ganhos para nossa cidade no tocante à educação e conscientização sobre nossa história”, disse.

A cerimônia foi comandada pelo jornalista Fernando D’Ávila, contou com a presença de representantes dos Clubes de Mães, Família Pozzuto, Padre Dalmirio Djalma do Amaral, representantes do Camping Macuco, Conselho Municipal de Turismo (COMTUR) e do Conselho Municipal de Proteção do Patrimônio Cultural (Condepav).

Processo de Escolha

O processo de escolha das 14 Maravilhas de Valinhos, feito através de votação direta pela Internet, durou quatro meses e meio, 141 dias. Começou no dia 28 de maio e terminou no dia 15 de outubro. De acordo a APHV, foram mais de 26 mil votos computados, demonstrando o interesse do valinhense em torno do tema. As maravilhas extintas somaram 9.944 votos e as maravilhas existentes, 16.366 votos.

O Projeto As 14 Maravilhas de Valinhos foi coordenado pela APHV em parceria com a Secretaria de Cultura e os Departamentos de Comunicação e Informática da Prefeitura.

No início do projeto, uma comissão formada por historiadores, professores e jornalistas ficou responsável por apontar as candidatas às Maravilhas de Valinhos. Foram definidos 91 patrimônios, dos quais 62 existentes e 29 extintos para votação. A seleção teve como critérios, entre outros, elementos materiais e naturais, com relevância histórica, arquitetônica, cultural, social e de lazer.

 

AS 7 MARAVILHAS EXISTENTES

1º LUGAR – 1.303 VOTOS - Matriz São Sebastião

2º LUGAR – 1.298 VOTOS - Jequitibá

3º LUGAR - 815 VOTOS - Camping Macuco

4º LUGAR - 773 VOTOS - Serra dos Cocais

5º LUGAR - 687 VOTOS - Casa Flávio de Carvalho

6º LUGAR - 645 VOTOS - Sede da Associação do Clube de Mães - CEAR

7º LUGAR - 590 VOTOS - Centro de Lazer do Trabalhador Ayrton Senna da Silva

 

AS 7 MARAVILHAS EXTINTAS

1º LUGAR – 1.126 VOTOS - Armazém Pozzuto

2º LUGAR - 697 VOTOS - Fonte Luminosa da Praça Washington Luiz

3º LUGAR - 542 VOTOS - Pombal da Praça Washington Luiz

4º LUGAR - 515 VOTOS - Primitiva Matriz de São Sebastião

5º LUGAR - 492 VOTOS - Cabine de Controle do Tráfego Ferroviário

6º LUGAR - 486 VOTOS - Primitiva Capela de Santa Cruz

7º LUGAR - 486 VOTOS - Antigo Coreto do Largo São Sebastião

 

12/11/2019