Poema conquista medalha de prata em Olimpíada de Português

Gustavo Gabriel Domingues, da Rede Municipal de Educação, foi um dos 20 selecionados em todo o País

O poema “Memórias”, do aluno Gustavo Gabriel Domingues, de 10 anos, aluno do 5º ano da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Professora Marli Aparecida Borelli Bazetto, do Parque Portugal, em Valinhos, foi classificado com medalha de prata na final da etapa nacional da 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa - Escrevendo o Futuro.

O evento, organizado pelo Ministério da Educação em parceria com a Fundação Itaú Social, foi realizado segunda-feira (9) com transmissão ao vivo pelo portal Escrevendo o Futuro e na página do Facebook do Itaú Cultural. Gustavo, acompanhado da professora Vanda Valéria Morales Fassina, levaram muita emoção e expectativa ao Novotel Jaraguá Conventions, onde o resultado foi divulgado.

Gustavo competiu com 19 trabalhos de 15 estados. Com o brilhante resultado, ele e a professora Vanda representaram Valinhos pela primeira vez numa final nacional da Olimpíada.

“Os dois, Gustavo e a professora Vanda, são grandes vencedores e exemplos para todos nós que trabalhamos com educação, pois a Olimpíada de Português teve várias etapas e a cada uma delas o trabalho deles ganhava mais força e legitimidade. Agradeço especialmente a professora e a direção da EMEB Marli Bazetto pela dedicação”, disse o secretário de Educação, professor Zeno Ruedell.

Em seu perfil no Facebook, a mãe de Gustavo, Fabiana Domingues, resumiu o significado da jornada percorrida pelo filho e da professora ao longo das etapas da Olimpíada de Português.

“E hoje encerrou o evento com uma belíssima festa! Mesmo não ficando entre os quatro vencedores, estamos muito felizes com essa conquista maravilhosa. Eu, como mãe, estou muito orgulhosa com tudo isso e espero que essa participação do Gustavo Domingues e da professora Vanda sirva de incentivo para o município em novos eventos como esse. Agradeço a todos os envolvidos, em especial, a professora Vanda Valéria que esteve no decorrer desse ano letivo acompanhando e apoiando para que tudo isso acontecesse”, escreveu a mãe.

Para a diretora pedagógica Ana Angélica Júlio, da Secretaria da Educação, o trabalho, a dedicação e o exemplo do Gustavo e da professora Vanda são uma demonstração inequívoca de que as conquistas são resultado da dedicação. “Saber que Valinhos estava lá, entre os 20 finalistas nacionais, após as etapas Municipal, Estadual e Regional, é motivo de sobra para nos orgulharmos”, disse.

 

Confira o poema

 

Memórias

No vai e vem da cadeira

Sinto o tempo balançando

O retrato na parede

Pensamento esvoaçando

À sombra da guariroba

Clic! Todos sorrindo

Uma foto de família

Vejo os anos sacudindo

Terra do meu avô

Chegou ainda pequeno

No lugar em que nasci

Aconchegante e ameno

Dizem os vizinhos do sítio

Que a casa era uma escola

E no tempo de menino

Trocavam o livro pela bola

Mas como um puxão de orelha

Retomam o fio da história

Nos traçados do caderno

É que conseguiram vitória

Aqui há lembranças

E uma capela mui bela

Onde meus pais se casaram

E fui batizado nela

Tem o caminho das borboletas

Por onde andamos a admirar

Ao lado de grandes amigos

Um bosque para passear

Fazemos muitas brincadeiras

Esconde-esconde, amarelinha, futebol de botão

Os meninos e as meninas se misturam

Tudo é só diversão

Por gerações

Este lugar irá nos marcar

Agora tenho um irmão

Quantas histórias para contar

Fazenda Guariroba

Lugar de imensa beleza

Morar nela, privilégio

Ah! Como é bela a natureza!

 

11/12/2019