Prefeito autoriza construção de elevador na Prefeitura

O prefeito Marcos José da Silva determinou no início do mês, antes de suas férias, a construção de um elevador no Paço Municipal para dar maior acessibilidade às pessoas com deficiência e idosos ao pavimento superior. A novidade foi anunciada pelo então prefeito em exercício, eng. Moysés, na posse dos novos membros do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, realizada no último dia 23.
A construção do elevador era compromisso de Marcos com o Conselho. “O prefeito Marcos não pôde estar aqui para transmitir essa notícia, mas me pediu para que o fizesse, e com muita alegria o faço. Essa será com certeza uma grande conquista que irá facilitar e muito a vida dos deficientes, idosos e até gestantes que precisam usar os serviços da Prefeitura. O Paço Municipal é uma construção antiga, com mais de 40 anos, e naquela época não se atentava para essa questão”, explicou eng. Moysés.
O então prefeito em exercício destacou ainda outras ações realizadas pela administração municipal em prol da pessoa com deficiência. “No final de 2006, foi criado o Conselho e de lá para cá os avanços continuam. O Conselho é atuante. A Prefeitura tem feito sua parte e ajudado no que pode. Por exemplo, criou vagas para as pessoas com deficiência e idosos na região central, fez cadastro dos motoristas e auxiliou o Conselho e a Promotoria a realizar o primeiro censo da pessoa com deficiência. A administração municipal está, desde 2005, disposta a ouvir, ajudar e atender as reivindicações dessas pessoas dentro do possível”.
Para a presidente do Conselho, Regina Augusta Donadelli, esta ação é mais uma que vem se somar às melhorias realizadas para melhorar a acessibilidade. “É de suma importância ter esse elevador. Se a pessoa com deficiência precisar falar com o prefeito, ir a algum departamento ou até mesmo a um evento na sala Ivan Fleury o acesso fica restrito. Apesar do prefeito sempre se dispor a nos atender no andar térreo, a nossa liberdade de ir e vir fica cerceada. Essa ação do prefeito é mais uma conquista para a pessoa com deficiência”.
De volta à frente da administração municipal, o prefeito Marcos explicou as dificuldades encontradas para implantação do elevador no Paço. “Como o prédio é muito antigo tivemos que estudar uma solução arquitetônica para a questão. Vimos várias idéias e optamos por fazer na parte de trás da Prefeitura, o que não vai prejudicar a estética original da construção. Agora, com o projeto pronto, vamos dar início aos trâmites de licitação e tocar a obra. Estou feliz e realizado em poder atender esse pedido que me havia sido feito pelo Conselho e pela sua presidente, a professora Regina, que foi minha professora na infância e sempre foi grande amiga”, comemorou Marcos.

O conselho
A criação do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência era uma reivindicação antiga na cidade. Em dezembro de 2006, um grupo formado por pessoas com deficiência, familiares e amigos se reuniu com o prefeito Marcos para entregar uma pauta de reivindicações, entre elas, a criação do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência. O grupo vinha tentando desde 1998 ter suas reivindicações atendidas, mas só naquela ocasião foram recebidos com o comprometimento de um estudo sobre o caso. Após estudos e resolução das questões técnicas, o Conselho foi criado.