Prefeitura cancela aulas na Rede Municipal na próxima semana

Esta semana as escolas vão funcionar, sem registrar faltas, para que os pais se organizem

As aulas nas escolas municipais de Valinhos e nas creches contratadas serão suspensas a partir da próxima semana. Esta semana as escolas estarão funcionando normalmente para que os pais possam se organizar sobre a rotina dos filhos estudantes. Mas não haverá registro de faltas para os que deixarem de frequentar as aulas já nesta semana. Outras atividades serão suspensas.

Na manhã desta segunda-feira, o Grupo de Trabalho Especial do Coronavírus, convocado pelo prefeito Orestes Previtale Júnior, está debatendo as medidas que serão adotadas na cidade, com participação do secretário de Educação Zeno Ruedell.  O grupo é liderado pela secretária de Saúde, Carina Missaglia.

Uma das primeiras medidas anunciadas, a suspensão das aulas tem como base as orientações do Ministério da Saúde, Secretarias Estadual e Municipal de Saúde.  Já por volta das 10h, a Secretaria de Educação encaminhou a todos os diretores e coordenadores de todas as unidades escolares  um comunicado endereçado a todos os servidores das escolas, estudantes e aos pais.

A rede escolar municipal inclui os Centros Municipais de Educação Infantil (CEMEIs), inclusive as creches contratadas, Escolas Municipais de Educação Básica (EMISBs) de ensino infantil e fundamental.

“Será uma semana para que os pais se organizem, pois, a partir do dia 23 não haverá aula e nenhuma atividade escolar na rede municipal até nova orientação”, explicou o professor Zeno Ruedell . Ele informou que a rede particular foi orientada a adotar as mesmas medidas.

De acordo com o comunicado, entre os dias 16 e 20 de março não será obrigatória a presença às aulas e não serão registradas faltas. Assim, durante esta semana, os pais deverão se organizar e programar para não mandarem seus filhos à escola.

Segundo Ruedell, nesta semana, direção, professores e demais funcionários estarão regularmente nas unidades educacionais para atender as crianças e alunos que ainda precisarem frequentar a escola.

“Ao longo desta semana iremos fornecer alimentação regularmente nas escolas, evitando ao máximo aglomerações, e vamos aproveitar para orientar nossas crianças e alunos sobre medidas de higiene, especialmente sobre a prevenção ao coronavirus”, comentou o secretário.

Não há previsão, segundo Ruedell, para o retorno às aulas e às atividades escolares, mas as informações serão divulgadas às unidades escolares e aos moradores com antecedência. “O momento é delicado e pede responsabilidade de todos. Acreditamos que o melhor a ser feito é suspender as aulas como uma das medidas para evitar a propagação do coronavirus para a saúde de todos. Esperamos contar com a compreensão da população”, disse Ruedell.

 

16/03/2020