Prefeitura e Daev constroem novo poço artesiano no São Bento

Obra vai melhorar a situação hídrica para os moradores do bairro

A Prefeitura de Valinhos e o Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos (Daev) iniciaram na segunda-feira (4) os trabalhos da perfuração do quarto poço artesiano no bairro São Bento do Recreio. O novo poço vai reforçar o abastecimento de água de forma efetiva no bairro e suprir a demanda que hoje é atendida com apoio de caminhões-pipa com capacidade para 10 mil litros. 
 
Hoje o abastecimento de água do bairro é feito por três poços profundos, com produção de 14 mil litros de água por hora, e caminhões-pipa. Com o aumento da demanda e do consumo, foi necessária a construção de mais um poço. 
 
A perfuração do novo poço é de 250 metros, 30 metros em solo e 220 na rocha. “Dentro da rocha existem fissuras que contém a água que será extraída”, explicou o engenheiro do Departamento de Planejamento, Obras e Fiscalização do Daev, Daniel Maeda. 
 
Os trabalhos possuem três fases. A primeira é a perfuração que foi concluída nesta sexta-feira (8). Em seguida, será construída a estação elétrica, com instalação do painel, encanamentos e medidores de vazão. Na terceira e última fase será feita a ligação do poço artesiano no sistema de recalque, para captação da água até o reservatório, garantindo a ampliação de oferta e da capacidade de abastecimento.

"Essa é uma obra muito importante para garantir segurança hídrica aos moradores do bairro. Com nosso Daev, estamos investindo pesado em infraestrutura para abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto em Valinhos. Obras que se refletem em toda a cidade, no cuidado com os moradores e o meio ambiente", afirmou o prefeito Orestes Previtale. A Prefeitura e o Daev também estão instalando rede coletora de esgoto no Joapiranga e parte do Vale Verde. 

 

Outras obras

Em 2018, a Prefeitura e o Daev realizaram e iniciaram importantes obras, como o desassoreamento da lagoa do CLT, aumentando a capacidade de armazenamento de água no reservatório em ao menos 35%. Com o desassoreamento, a reservação vai aumentar de 70 milhões de litros para 105 milhões, 35 milhões de litros a mais. A lagoa abastece 20% dos moradores de Valinhos. 

Também foram construídos um novo poço profundo (P8) no bairro Vale Verde, um reservatório metálico na Via Veneza do loteamento Sans Souci, para atender os moradores da região do bairro Dois Córregos, e o reservatório Le Village, no Jardim São Marcos, que interliga os reservatórios existentes na região. 

A rede adutora de água bruta do Rio Atibaia para a Estação de Tratamento de Água (ETA) II, no Jardim Pinheiros, foi duplicada, ampliando a capacidade de tratamento em 17%, de 230 para 270 litros de água por segundo. Estão sendo executados ainda 940 metros de rede de distribuição de água tratada entre a Avenida Altino Gouveia e a ETA II. No Castelo, foi realizada a substituição de 10 quilômetros de redes antigas de fibrocimento (amianto) por novas de PEAD (material flexível e resistente) e 1 mil novas ligações de água. 

No bairro Vila Boa Esperança, a substituição de 2.325 metros de antigas redes de amianto, 270 novas ligações e a instalação de uma estação controladora de pressão estão em ritmo acelerado, para atender 1.350 moradores. 

Os investimentos em coleta e tratamento de esgoto também estão acontecendo em diferentes frentes. Mais de 1 mil famílias foram beneficiadas nos loteamentos Chácaras São Bento, Residencial San Fernando, Sítios Água Comprida e Country Club, com arede coletora de esgotos. Foi construído o interceptor de esgotos na Chácaras Silvânia, que otimizou a interligação até Estação de Tratamento (ETE) Capuava.

Mais um grande avanço é a parceria inédita entre Valinhos e Campinas. O prefeito de Valinhos, Orestes Previtale, assinou  com o prefeito da cidade vizinha, Jonas Donizette, e o Grupo de Atuação Especial do Meio Ambiente (Gaema) do Ministério Público, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que abre caminho para uma parceria entre os dois municípios para colocar em prática o projeto de ampliação e modernização da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Capuava, que vai passar a utilizar tecnologia de ponta e garantir que a água devolvida ao Rio Atibaia pela ETE Capuava seja de melhor qualidade, com alto nível de pureza. 

Obras de drenagem e combate às enchentes também fazem parte da maratona de ações de melhorias em Valinhos. Na Avenida Invernada, está sendo construído o Túnel Linner para proteção do sistema de coleta e o afastamento sanitário. Desde o inicio de 2017, também estão sendo promovidas importantes ações de combate às perdas de água tratada e eliminação de vazamentos. A medida reduziu as perdas de água de 38,7% em 2016 para 29% em 2018.

Em casos de dúvidas ou problemas, o Daev disponibiliza o telefone 0800-133839 para esclarecimentos.

Veja vídeo:

https://youtu.be/JS15Yb55LMU

 

08/02/2019