Primeira turma de Panificação inicia aulas no Fundo Social

Aulas serão ministradas por professor do Senai com foco no empreendedorismo

A primeira turma do curso profissionalizante de Técnicas de Panificação e Confeitaria iniciou as aulas nesta quarta-feira (4), na Padaria do Fundo Social de Solidariedade de Valinhos, na Rua Itália, 367. O curso é resultado de parceria firmada no mês passado entre a Prefeitura de Valinhos e o Serviço Nacional da Indústria (Senai). No total, serão seis turmas dessa modalidade, além de duas turmas de Técnica de Costura de Roupas, que já estão acontecendo na sede do órgão, na Rua José Milani, 15.   

A presidente do Fundo Social, primeira-dama Renata Previtale, abriu oficialmente as aulas de Panificação e Confeitaria dando boas-vindas ao professor do Senai, o chef Primo Melaré, e destacando a importância da parceria, na qual o órgão dá o espaço e a instituição entra com os professores e os insumos. Ela explicou que o curso é gratuito e terá duração de um mês, com carga de 80 horas, de segunda a sexta-feira.

Segundo Renata, cursos profissionalizantes diferenciados fazem parte da missão do Fundo Social, voltada ao trabalho de assistência para a promoção das pessoas em situação de vulnerabilidade social no Município. “Com esse tipo de ação, podemos possibilitar que o cidadão aprenda uma profissão e gere renda rapidamente. Isso pode ajudar muito no enfrentamento desta crise pela qual passa nosso País, com altos níveis de desemprego”, comentou a presidente do Fundo Social

Renata destacou a importância dos cursos serem ministrados pelo Senai, instituição consolidada e respeitada. Ela explicou  que todas as vagas para as seis turmas do curso de Técnica de Panificação, assim como as duas de Costura de Roupas, foram rapidamente preenchidas. No entanto, os interessados podem se inscrever para futuras turmas.

O chef Primo Melaré agradeceu a parceria com a Prefeitura e elogiou a estrutura da Padaria do Fundo Social, localizada na área central da cidade, que conta com equipamentos modernos, permitindo aos participantes melhor aproveitamento do curso na parte teórica e, principalmente, na prática.

Melaré explicou que o curso terá como foco o empreendedorismo e a geração de renda, e garantiu que as aulas serão bastante interativas e produtivas, sempre buscando passar o máximo de conhecimento. “No nosso plano de aula está inserida uma tarefa que permite fazer R$ 1 mil com R$ 10. Isso é puro empreendedorismo”, destacou.

Bastante empolgados, os 16 alunos da 1ª turma do curso profissionalizante de Técnicas de Panificação e Confeitaria receberam aventais personalizados do Fundo Social de Solidariedade e duas apostilas para serem utilizadas no decorrer das aulas.

Chef

O chef Primo Melaré, de 31 anos, é empreendedor, chef executivo, consultor, palestrante, professor do Senai e atua como consultor para restaurante. Em 16 anos de experiência na área de gastronomia, ele passou por mais de 10 restaurantes. Melaré também é membro da Federazione Italiana Cuochi (Federação Italiana de Cozinha) e passou por universidades, como Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Anhembi Morumbi e Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU).

SERVIÇO
Fundo Social de Solidariedade
Rua José Milani, 15 – Centro
Informações – 3849-4000
 

06/09/2019