Projeto Mala da História é lançado em Valinhos na Semana Nacional do Trânsito

     Cerca de 300 alunos do pré ao 4º nível da EMEF (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Professora Marli Aparecida Borelli Bazetto, no Parque Portugal, em Valinhos, participaram no último dia 18, sexta-feira, na própria escola, do lançamento do projeto “Mala da História – Viaje nesta Leitura”. As crianças conheceram as 19 malas decoradas, que têm capacidade para guardar 45 livros cada e finalidade de “viajar” com destino às salas de aula das 19 escolas municipais como uma espécie de mini biblioteca itinerante.
    A ação realizada pelas secretarias de Transportes e Trânsito e da Educação integra as atividades em comemoração à Semana Nacional de Trânsito, realizada de 18 a 21 de setembro, e faz parte do Programa Municipal de Educação Paz no Trânsito. Estiveram presentes ao lançamento o vice-prefeito, eng. Moysés, representando o prefeito Marcos José da Silva, o secretário de Educação, Zeno Ruedell, representantes da Secretaria de Transportes e Trânsito, além do diretor da escola, Edvaldo Fernandes da Silva.
      “Ações de prevenção e educativas como esta, que visam envolver as crianças e seus pais, são sempre importantes para a redução de acidentes de trânsito”, disse o vice-prefeito. O secretário Zeno falou sobre a utilização dos livros como meio de despertar a consciência das crianças. “Não existe viagem mais bonita do que a feita por meio da leitura de um livro. A gente vai longe, viaja mundo afora. Tenho certeza de que vocês vão saber aproveitar este novo estímulo com as malas, um trabalho tão bem realizado pelos professores”.

O projeto
    O projeto “Mala da História” é uma ação da Prefeitura em parceria com a AutoBAn, concessionária que administra as rodovias Anhanguera e Bandeirantes e que desenvolve nas escolas do município o programa “Estrada para a Cidadania”. Ele foi aplicado no município em maio deste ano para cerca de 100 professores das 3ª e 4ª séries da rede municipal que participaram de uma oficina pedagógica promovida pela AutoBAn. Na ocasião, os professores decoraram cinco malas por meio de técnicas artísticas diversas e com temas trabalhados pelo programa de educação de trânsito.
     Com a proposta de ampliar o projeto e atender também os alunos de 1ª e 2ª séries, a Secretaria de Transportes e Trânsito contou com o apoio do setor de marcenaria da Secretaria de Obras para a confecção de mais 14 malas que também foram decoradas pelos professores, com a ajuda dos alunos, no mesmo estilo das cinco primeiras feitas na oficina pedagógica. Com isso, as 19 malas com os livros passam a ser disponibilizadas às escolas de forma rotativa. A EMEF do Parque Portugal, por exemplo, recebeu quatro delas, que já deverão ser utilizadas em sala de aula a partir da próxima semana, quando os alunos poderão levar os livros para casa, apresentá-los aos pais e escrever no diário que acompanha as malas como foi a experiência de leitura.
     Até o final do ano letivo o programa “Paz no Trânsito” oferecerá atividades especiais para os cerca de 2.300 alunos das 3ª e 4ª séries das 19 EMEFs (Escola Municipal de Ensino Fundamental) e seus professores, como teatros e oficinas pedagógicas. A edição deste ano tem como tema “Moto: ganhe tempo e não perca a vida” e aborda também a questão da acessibilidade e mobilidade dos portadores de deficiências físicas, especialmente daqueles que dependem de equipamentos para se locomover, como cadeiras de rodas, próteses e muletas.