Saúde de Valinhos registra mais uma morte por coronavírus

Paciente, morador de Amparo, foi atendido em hospital de Valinhos; cidade soma seis óbitos e 60 contaminados

A Secretaria de Saúde de Valinhos registrou a sexta morte por coronavírus, paciente atendido no Município, morador de Amparo. Registrou ainda seis novos pacientes contaminados. Os casos recentes ampliam para 60 o número de casos positivos de covid-19 na cidade e seis mortes.

O terceiro óbito foi de uma mulher de 71 anos, moradora de Amparo, que foi internada no Hospital Galileo no dia 23 de março e morreu no dia 5 de abril. Ela tinha doença cardiovascular.

Entre os seis novos casos positivos dois são de moradores do Jardim Pinheiros, o que eleva para seis o número de contaminados no bairro, que passa a ser um dos bairros com maior número de casos em Valinhos, ao lado do Paiquerê, que também tem seis registros.

Há ainda um novo positivo no Roncáglia e na Vila Sônia, em Valinhos, um de Vinhedo e um de Hortolândia. Os dados incluem moradores de outros municípios que frequentam Valinhos e foram atendidos na rede de Saúde do Município.

Nesta segunda-feira (11), Valinhos tem 11 pacientes internados em UTIs dos hospitais Santa Casa e Galileo em estado grave, além outras 13 pessoas internadas em enfermarias, com quadros média complexidade.

Há um caso de morte suspeita à espera da divulgação do resultado dos exames de morador de Valinhos.

A Secretaria da Saúde contabiliza casos de munícipes e não munícipes confirmados com covid-19 na mesma tabela de dados, já que todos os não munícipes com exames positivos têm alguma ligação com a cidade, como imóveis de veraneio (chácaras para finais de semana), relações familiares e de trabalho.

Dos 60 casos confirmados da doença, 41 são de Valinhos e 19 de outros municípios. Valinhos tem 36 pacientes recuperados, dois internados e três mortes. Há ainda 13 recuperados, três internados e três mortos de cidades da região.

A cidade soma 80 casos suspeitos esperando resultados de exames no Instituto Adolfo Lutz, da Secretaria de Estado da Saúde.

A recomendação do Ministério da Saúde, da Secretaria de Estado da Saúde e da Organização Mundial da Saúde é para que as pessoas evitem sair de casa. O isolamento social é a melhor forma de se proteger do coronavírus.

 

Confira os registros:

60 casos positivos, sendo 49 pacientes recuperados, cinco internados e 6 mortes

80 pacientes suspeitos aguardando resultado de exame

1 morte em investigação, morador de Valinhos

209 casos negativos

21 óbitos descartados

11 pacientes suspeitos internados na UTI

13 pacientes suspeitos internados em enfermaria

 

Lista completa dos casos confirmados de Covid-19 em Valinhos:

- 6 no Jardim Paiquerê 

- 6 no  Jardim Pinheiros

- 4 no Santa Cruz

- 3 na Vila Embaré

- 3 no Ortizes

- 3 no Roncáglia

- 2 na Vila Pagano

- 2 no Jardim Recanto

- 1 no Jardim Santa Helena

- 1 no Jardim Nova Palmares

- 1 no Jardim Nova Palmares 2

- 1 na Vila Olivo

- 1 na Vila Angeli

- 1 na Vila Faustina 2

- 1 no Parque Portugal

- 1 no Jardim Santa Rosa

- 1 no Parque das Colinas

- 1 no Fazenda São José

- 1 Santa Gertrudes

- 1 na Vila Sônia

- 19 moradores de outras cidades, como Campinas e Itu

 

Mortes confirmadas

- Homem de 69 anos, morreu no dia 5 de abril na Santa Casa, onde estava internado desde o dia 1 de abril. O paciente tinha histórico de neumopatia crônica, cardiopatia e diabetes.

- Homem de 64 anos, internado no dia 26 de março e morreu no dia 29. Tinha histórico de pressão alta.

- Homem de 90 anos, internado no dia 2 de abril na Casa de Saúde, em Campinas, e teve alta no dia 4. Voltou a ser internado por complicações da doença no dia 9 e morreu no dia 14 de abril.

- Homem de 82 anos, internado na UTI Santa Casa dia 14 de abril e morreu dia 17 de abril. Morador de Campinas (Jardim Centenário), tinha comorbidades (doença neurológica, doença cardiovascular, diabetes e doença renal) e mantinha vínculos com Valinhos.

- Homem de 83 anos  internado na UTI do Hospital Galileo no dia 26 de abril. Morreu dia 26. Ele tinha comorbidades (doença cardiovascular e diabetes) e morava no bairro Brasil, em Itu (SP), mas mantinha vínculo com o município.

- Mulher de 71 anos, foi internada no Hospital Galileo no dia 23 de março e morreu no dia 5 de abril. Ela tinha doença cardiovascular. , Moradora de Amparo e mantinha vínculos com Valinhos.

 

11/05/2022