Saúde oferece atendimento psicológico aos profissionais

Pacientes de coronavírus ou casos suspeitos também podem ser atendidos

Os profissionais da Saúde Mental da Secretaria de Saúde de Valinhos estão realizando atendimento psicológico gratuito aos servidores da linha de frente da Saúde e pessoas contaminaas ou com suspeita de Covid-19 e seus familiares.

A ação envolve profissionais dos Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) I e II, Centro de Referência de Atendimento Psicossocial (CREAPS), Centro Municipal de Atendimento Psicopedagógico e Fonoaudiológico (CEMAP) e Casa do Adolescente.

O atendimento começou na semana passada e é realizado por 16 profissionais de saúde mental, entre eles psicólogos, pediatras, assistentes sociais e terapeutas ocupacionais. Pode ser feito de forma online ou presencial.

Para o atendimento, os profissionais de saúde interessados poderão entrar em contato pelo WhatsApp através de mensagem de texto para o número (19) 3829-3457.

Será realizada triagem e encaminhamento a um profissional da Saúde Mental, que fará o atendimento através do Skype. Cada profissional terá uma conta pessoal. O atendimento virtual será feito das 13h às 19h.

As pessoas contaminadas ou com suspeita de COVID-19 e seus familiares, caso identifiquem necessidade, poderão ser atendidas a distância. A equipe de Vigilância Sanitária, ao entrar em contato com os pacientes para o acompanhamento padrão, vai fazer o levantamento dos interessados em receber o atendimento e encaminhar à equipe de Saúde Mental.

Fortalecimento

O projeto, desenvolvido pelo Departamento de Programas e Projetos em Saúde, pretende acolher terapeuticamente e fortalecer emocionalmente os profissionais da saúde que estão atuando no combate à pandemia nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Unidade de Pronto Atendimento (UPA), 192, CAPS e Vigilância Sanitária.

O atendimento também dará suporte às pessoas com diagnóstico positivo da doença e seus familiares, promovendo escuta e acompanhamento, buscando minimizar os impactos causados pelo isolamento domiciliar. Além de orientar a população sobre a Covid-19, ensinando hábitos higiênicos que diminuem o risco de contaminação.

De acordo com a diretora do Departamento de Programas e Projetos em Saúde, Greta Ferraro Barduchi, o projeto é de grande importância para auxiliar na saúde emocional dos profissionais e das pessoas que adoeceram.

O objetivo desse atendimento envolve promover escuta e apoio para essas pessoas, a fim de minimizar os impactos da situação de isolamento e adoecimento pelo COVID-19”, disse.

Etapas

O projeto tem duas etapas. A primeira começou na semana passada, quando a equipe de Saúde Mental entrou em contato com as unidades de saúde de Valinhos, fazendo uma aproximação com os profissionais e levantando a demanda dos atendimentos, presenciais e online.

A segunda etapa são os atendimentos, que poderão ser realizados online ou presencialmente, nos próprios locais onde os servidores trabalham, de acordo com os horários de funcionamento de seus serviços, em espaços abertos, tomando todos os cuidados necessários conforme as orientações de prevenção.

 

13/04/2020