Teste rápido de coronavírus começa a ser aplicado

Município recebeu 1.120 unidades do teste voltado a pacientes prioritários, com apresentação de solicitação médica

A Secretaria da Saúde de Valinhos deu início nesta segunda-feira (11) à aplicação de testes sorológicos rápidos para coronavírus enviados pelo Ministério da Saúde. O Município recebeu 1.120 unidades do teste voltado a pacientes prioritários, com apresentação de solicitação médica. A testagem é realizada na UBS do Jardim Paraíso até sexta-feira (15), das 8h30 às 13h.

No primeiro dia, apenas uma mulher de 62 anos encaminhada pela UBS da Vila Santana realizou o teste. Ela apresentava febre há 9 dias e procurou a UPA (Unidade de Pronto Atendimento). O teste foi negativo para o coronavírus. Outras cinco pessoas também foram ao local da testagem, mas não se enquadravam no grupo prioritário.

São considerados pacientes prioritários moradores do município com mais de 60 anos, profissionais da saúde e da segurança pública que estejam em atividade. Os familiares desses profissionais que residem no mesmo domicílio e apresentem sintomas de doença respiratória também estão incluídos, desde que apresentem a solicitação médica.

A diretora do Departamento de Saúde Coletiva, Claudia Maria dos Santos, reforçou a necessidade da solicitação médica com a orientação para a testagem e explicou que somente aqueles que fazem parte do grupo prioritário e tiverem sintomas da doença, iniciados há pelo menos oito dias, poderão ser atendidos.

Os sintomas são quadro respiratório agudo, caracterizado por sensação febril ou febre, mesmo que relatada, acompanhada de tosse ou dor de garganta ou coriza ou dificuldade respiratória.

Já os idosos, mesmo que não apresentem febre, serão observados quanto a outros sinais de agravamento, como desmaio (síncope), confusão mental, sonolência excessiva, irritabilidade e falta de apetite (inapetência).

A equipe que faz a aplicação dos testes é formada por um profissional da enfermagem e dois técnicos, de enfermagem e laboratório. O teste rápido identifica, entre 15 minutos a 30 minutos, a presença de anticorpos do vírus no sangue das pessoas. A UBS do Jardim Paraíso fica na Rua das Acácias, s/nº.

Testagem

A ação faz parte de uma iniciativa para ampliar a testagem em todo o País e aumentar a capacidade de notificação da doença. O teste até então aplicado é o chamado RT-PCR, que localiza o vírus nos pacientes graves, internados, óbitos e profissionais de saúde.

Há ainda testes aplicados em laboratórios particulares. “Essa testagem rápida é feita para localizar anticorpos, que identificam a cicatriz, a resposta do organismo à infecção”, informou Cláudia. Para a realização do teste são coletadas amostras de sangue do paciente. A precisão é próxima de 100%.

O teste, da marca Wondfo, uma dos quatro fabricantes de teste rápido da China, detecta anticorpos contra o coronavírus (SARS-CoV-2) e passou por avaliação do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS), da Fiocruz.

 

11/05/2020