Trabalho de recuperação após temporal continua em Valinhos

Equipes estão mobilizadas desde sexta-feira para atender moradores e recuperar áreas afetadas 

Equipes das secretarias de Obras e Serviços Públicos, de Planejamento e a Defesa Civil continuaram nesta segunda-feira (7) mobilizados para atender moradores e recuperar áreas afetadas pelas chuvas no fim de semana. Após a limpeza das avenidas e ruas atingidas pela força da água, que teve início já na noite de sexta-feira, nesta segunda-feira (07) as equipes de Obras estavam recuperando as ruas de terra do município. A previsão é de que os trabalhos estejam concluídos em meados da próxima semana. 

Segundo o diretor do Departamento de Infraestrutura da Secretaria de Obras, José Antônio Francisco Alves, foi necessário remover terra de algumas ruas, a barreira que caiu na Rua Alcindo Marcon, os entulhos de parte do muro que desabou no Sans Souci e uma árvore na entrada do bairro Beira Rio. Entre a noite de sexta-feira e a manhã do sábado, todas as vias já estavam liberadas para o trânsito. 

A partir desta segunda, as equipes estavam concentradas na recuperação das vias de terra. "Estamos nivelando e recuperando essas vias. A previsão é de que os trabalhos sejam concluídos em pouco mais de uma semana", disse Alves. Segundo ele, os funcionários da Secretaria de Obras e de outras secretarias municipais e órgãos públicos trabalham sem descanso desde sexta-feira à noite na limpeza da cidade e atendimento dos moradores. 

Alves explicou que os bueiros das ruas afetadas também foram limpos no sábado. "Encontramos sacos de lixo, sacolas plásticas, garrafas e embalagens no bueiros. É preciso alertar os moradores de que o descarte do lixo em vias públicas pode contribuir para piorar a situação no caso de chuvas muito intensas, como a de sexta-feira", disse Alves. Mas ele afirmou que os bueiros não foram a causa das inundações desta sexta. "Foi um volume incomum de chuva num curto período. Vinte e uma cidades da região de Campinas foram afetadas por inundações e entraram em Estado de Atenção", lembrou

O Estado de Atenção é decretado pela Defesa Civil quando a cidade registra 80 milímetros de chuva em 72 horas. Na sexta, Valinhos registrou 88,9 milímetros de chuva em 24 horas e contabilizou 184,9 milímetros de água em 72 horas.  "Uma quantidade muito grande de água", comentou o diretor da Defesa Civil, Eduardo Matias. 

Na segunda-feira, engenheiros da Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente e da Defesa Civil percorreram a cidade para fazer uma vistoria nos locais afetados e avaliar medidas a serem adotadas. A Defesa Civil notificou a empresa responsável por um empreendimento no bairro Lenheiro, onde ocorreu deslizamento de barro. A Secretaria de Planejamento já havia notificado a empresa na semana passada, com prazo de 15 dias para que ela tome as providências para criar um sistema de contenção. 

Pinheirinho

Moradores das casas do bairro Pinheirinho inundadas pela chuva na sexta-feira foram atendidos durante todo o fim de semana pela Prefeitura, com apoio de voluntários, movimentos sociais, entidades e empresas. Ainda na noite de sexta-feira, as 34 famílias receberam cestas básicas, kits de limpeza e tiveram os imóveis limpos com apoio de um caminhão do Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos (Daev). Os trabalhos de limpeza continuaram até 3h do sábado. 

O atendimento às famílias mobilizou muitos voluntários, moradores e servidores públicos. A Prefeitura disponibilizou o Ginásio do Bom Retiro para abrigar as famílias atingidas pela inundação, mas eles preferiram não sair das casas. A Prefeitura ainda forneceu alimentação para as famílias no sábado e no domingo. 

Uma campanha de doação aconteceu pelas redes sociais para arrecadação de diversos produtos para essas famílias, desde alimentos até móveis. A Prefeitura disponibilizou dois espaços para coleta de doações, o Centro de Convivência do Idoso e o Ginásio do Bom Retiro, para onde os produtos foram levados e ficaram à disposição das famílias. 

No domingo, a Prefeitura disponibilizou transporte para as famílias do Pinheirinho irem até o Ginásio recolher tudo o que precisassem entre o material arrecadado. Foram distribuídos mais uma cesta de alimentos às famílias, leite, água, móveis, colchões, roupas, sapatos, roupas de cama e banho, utensílios domésticos, produtos de limpeza e brinquedos doados. O volume de doações foi muito grande e o material será distribuído também para outras famílias em situação de vulnerabilidade da cidade, entre elas as famílias cadastradas no Fundo Social de Solidariedade de Valinhos. 

"Valinhos é uma cidade muito solidária. Foram muitas as doações e que continuam chegando. Agradeço a todos os moradores da cidade que participaram desse grande ato de solidariedade a favor de famílias que precisaram de apoio nesse momento", afirmou o prefeito Orestes Previtale. 

 

07/01/2018