Vacinação contra a gripe é prorrogada até dia 30 nas UBSs

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, que iria até esta sexta-feira (5), foi prorrogada até o dia 30 deste mês em todo o país. Em Valinhos a imunização é feita em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), sempre das 8h30 às 13 horas.

Vale ressaltar que a vacina contra influenza não tem eficácia contra o coronavírus, porém, neste momento, irá auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para a COVID-19, já que os sintomas são parecidos. E, ainda, ajuda a reduzir a procura por serviços de saúde.

A terceira e última fase teve início no dia 11 de maio, com prioridade aos grupos formados por pessoas com deficiência, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas (mães no pós-parto até 45 dias), professores e pessoas de 55 a 59 anos de idade.

A prorrogação foi necessária devido ao baixo índice de imunização nesses grupos prioritários, principalmente em crianças e gestantes. Em Valinhos, por exemplo, balanço divulgado pela Secretaria da Saúde indica que apenas 41.63% das 7.029 crianças da cidade, desta faixa etária, tomaram a vacina e a meta é chegar a 90%.

Todas as crianças nesta faixa etária devem ser vacinadas. “A cobertura dessa população, não só em Valinhos, continua abaixo do esperado. Pelo último balanço, 2.926 doses foram aplicadas em crianças do nosso município, correspondente a apenas 41,63% do público alvo”, informou a diretora do Departamento de Saúde Coletiva, Claudia Maria Santos.

O índice de vacinação de gestantes também está abaixo da meta. O número de gestantes em Valinhos é estimado em 1.034 mulheres, mas apenas 371 delas receberam as doses, com uma cobertura de 32,01%. Em 2019, a cobertura desses dois grupos chegou a 80% em Valinhos, também abaixo da meta.

As puérperas também devem aproveitar a prorrogação campanha para se imunizarem. Pouco mais da metade deste grupo prioritário se vacinou, ou seja, 90 delas receberam as doses (52,94%).

Outro grupo é formado por adultos de 55 a 59 anos. Até o último balanço, 1.185 doses foram aplicadas, o que representa 21,26% deste público alvo de 5.575 pessoas. Devem receber a vacina professores de escolas públicas e privadas, sendo que 539 receberam as doses, além de pessoas com deficiência (57 doses aplicadas).

A Secretaria da Saúde reforça que os moradores dos demais grupos prioritários, mesmo das fases anteriores da campanha que ainda não se vacinaram, devem procurar as UBSs para receber a dose. “É mais uma oportunidade para que os públicos de todas as fases, que ainda não se vacinaram, possam procurar de forma organizada as unidades de saúde e se imunizarem”, destacou a diretora.

Em Valinhos, o público alvo total é de 29.978 pessoas, sendo que 24.044 se vacinaram, correspondente a 80,21%. A meta do Ministério da Saúde é vacinar 90% dessa população.

Um balanço do Ministério da Saúde aponta que dos grupos prioritários foram vacinadas, até o momento em nível nacional, apenas 25,7% de 36,1 milhões de pessoas estimadas nesta terceira fase. Desde o início da ação em todo o país, em 23 de março, 50 milhões de pessoas foram vacinadas, faltando ainda 28,3 milhões que ainda não receberam a vacina.

Cobertura de outros grupos

Segundo a Secretaria de Saúde de Valinhos, foram vacinados na cidade 16.055 idosos, correspondentes a 120,84% do público alvo, e 3.436 profissionais da saúde, 119,14% do público alvo, superando as metas do Ministério da Saúde.

Também, 6.169 pessoas do grupo de portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais foram vacinadas. O grupo da segunda fase também é formado por profissionais das forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários e povos indígenas, com 912 doses aplicadas.

Assista ao vídeo: https://youtu.be/ApbhrTLGILY

02/06/2020