Valinhos amplia fase de testes da fiscalização eletrônica de trânsito

Sistema começa a multar no próximo dia 1º de julho; infrações antes desta data serão desconsideradas

A Prefeitura de Valinhos ampliou a fase de testes do sistema de fiscalização eletrônica de trânsito instalado na cidade. No caso de infração por excesso de velocidade, avanço de sinal e de faixa de pedestres, elas apenas vão começar a ser aplicadas à 0h do próximo dia 1º de julho. Todas as infrações registradas antes dessa data serão desconsideradas.

A medida foi adotada devido a um atraso do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) e do Ipem (Instituto de Pesos e Medidas) nas aferições do sistema, que são necessárias para que ele entre em operação com a precisão exigida. Essas aferições estão sendo realizadas nesta semana em todos os pontos de fiscalização.

Dessa forma, a Secretaria de Mobilidade Urbana aproveitou para ampliar a fase de testes com objetivo de permitir que os motoristas tenham mais tempo para se adaptarem ao novo sistema. Paralelamente, estão sendo instaladas placas em toda a cidade informando a fiscalização eletrônica, com os limites de velocidade, e o desligamento do sistema de avanço de sinal e faixas no período noturno, entre 22h e 6h.

A legislação de trânsito atual não exige a instalação de placas informando fiscalização eletrônica, apenas sinalização indicando a velocidade máxima das vias a até 100 metros do sistema de controle eletrônico. Mas a Prefeitura entendeu que seria mais cômodo para os motoristas a sinalização indicando a fiscalização eletrônica e também o horário em que ela estará desligada, o que ocorrerá somente nos semáforos. 

“Aproveitamos que houve essa demora do Inmetro para finalizar todas as aferições e ampliamos a fase de testes. Mas os equipamentos estão aptos para funcionamento. A solicitação de aferição foi feita pela empresa contratada em abril, todavia, o Ipem não havia dado início por excesso de solicitações. Não há autuações nesse período“, disse o secretário de Mobilidade Urbana, Mauro Haddad Andrino.

Clique neste link para verificar locais e velocidades do sistema. 

 

19/06/2019