Valinhos avança e supera metas do Ideb no ensino municipal 

Índice é o principal indicador de qualidade do ensino no país

Valinhos avançou no desempenho escolar dos alunos da rede municipal de ensino e superou as metas previstas no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado nesta segunda-feira (3) pelo Ministério da Educação. O Ideb é o principal indicador sobre a qualidade do ensino no Brasil.

As escolas municipais de Valinhos alcançaram Ideb de 5,5 nos anos finais do ensino fundamental em 2017, até o nono ano, nota superior aos 5,3 de 2015 e bem acima da média prevista de 3,6. O índice foi superior inclusive à meta de 2021, que é de 4,1. 

Nos anos iniciais da educação municipal de Valinhos, até o quinto ano, o desempenho foi de 6,5 em 2017, melhor que os 6,2 obtidos dois anos antes. A meta para 2017 era de 5,9. O Ideb foi também superior ao previsto para o ano de 2021, de 6,4.  

Nos anos iniciais, a melhor nota foi obtida pela Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Luiz Antoniazzi, que saltou de 6,0 em 2015 para 7,2 em 2017. "O desempenho da escola reflete o desempenho dos profissionais, de professores comprometidos com a educação e de pais engajados com a vida escolar dos alunos. Nossa escola é muito requisitada e sempre há uma procura grande por vagas", disse o diretor da Luiz Antoniazzi, Frederico Rodrigues Póvoa. 

Nos anos iniciais, destacaram-se ainda a Emeb Professora Edna Aparecida Bampa da Fonseca, que ampliou o índice de 5,5 em 2015 para 7,0 em 2017, e a Emeb Carlos de Carvalho Vieira Braga, que foi de 6,9 para 7,1 em 2017. As duas superaram a meta prevista para o ano, de 5,8 e 6,5, respectivamente. 

Nos anos finais, a EMEB Governador André Franco Montoro teve a maior nota, passou de 5,9 em 2015 para 6,1 em 2017. A Luiz Antoniazzi também teve bom desempenho, o Ideb saltou de 5,6 para 6,0 em 2017. 

"Ao longo dos anos estamos mantendo a média e evoluindo as metas, consolidando o conteúdo pedagógico em todos os anos escolares. Estamos mantendo o ritmo de uma escola que vem se consolidando num patamar elevado, trabalhando por área e por professor. Nossos professores buscam sempre especializações para ampliar a formação e oferecer mais aos estudantes", afirmou o diretor da Emeb Governador André Franco Montoro, Alceu Bento Petenuci Júnior.

Petenuci Júnior disse que no ano passado a escola criou o programa Mais Educação, trabalhando habilidades diversas de alunos do quinto ano, como oficinas de português, matemática, dança, judô, música e teatro. "Isso contribui para concentração, disciplina e organização. Também temos aulas de reforço com os professores que conhecem os alunos e trabalham as dificuldades específicas de cada um. Isso tudo é muito importante para o resultado", disse.

 

Ideb

O Ideb é um indicador geral da educação, que possibilita o monitoramento da qualidade da educação. É calculado a partir da taxa de rendimento escolar (aprovação) e as médias de desempenho nos exames aplicados pelo Inep. Os índices de aprovação são obtidos a partir do Censo Escolar, realizado anualmente. 

As médias de desempenho utilizadas são as da Prova Brasil, para escolas e municípios, e do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), para os estados e o País, realizados a cada dois anos. As metas estabelecidas pelo Ideb são diferenciadas para cada escola e rede de ensino.

No Brasil, o Ideb em 2017 foi de 5,8 nos anos iniciais do ensino fundamental e 4,7 nos anos finais, incluindo escolas públicas e privadas. 

 

06/09/2018