Valinhos foi a quarta em geração de empregos na RMC em 2018

Setor de comércio foi o setor que mais criou novas vagas formais na cidade

Dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho (MTb), apontam que entre janeiro e dezembro de 2018, Valinhos criou 1.064 postos de trabalho com carteira assinada. Entre as 20 cidades que compõe a Região Metropolitana de Campinas (RMC), Valinhos fica em quarto lugar no saldo de empregos, atrás de Campinas, que apresentou saldo de 4.973 empregos formais, de Indaiatuba, com 2.094 vagas, e Vinhedo, que gerou 1.089 postos de trabalho. Seis cidades da RMC fecharam 2018 com saldo negativo.

Em 2018, setores como a indústria, construção civil, comércio e serviços admitiram 16.962 trabalhadores e desligaram 15.898 em Valinhos.  Em relação a 2017, a cidade apresentou um crescimento de 22% na geração de vagas. O destaque ficou por conta do setor de comércio, que foi o maior gerador de empregos em 2018, com 393 vagas criadas, 36,9% do total. Entre janeiro e dezembro, o setor admitiu 4.280 trabalhadores e desligou 3.887.

Em segundo lugar aparece a indústria de transformação, com 277 postos de trabalho, 26% do saldo geral. O setor admitiu ao longo de 2018 3.929 pessoas e demitiu 3.652. Em terceiro aparece o setor de serviços que, embora tenha sido o que mais admitiu no ano passado,  7.746 trabalhadores, também foi o que mais desligou, 7.470, gerando assim um saldo de 276 vagas com carteira assinada, 25,9% do total.

Atualmente Valinhos possui 36.618 trabalhadores atuando na formalidade, com carteira assinada, e outros 30.549 na economia informal. Segundo dados da Associação Comercial de Campinas (ACIC), Valinhos tem aproximadamente 8.074 trabalhadores desempregados, 10,73% da população economicamente ativa do município hoje na casa de 75.246 pessoas.

O prefeito Orestes Previtale comemorou o número positivo na geração de empregos formais, afirmando que está confiante no ano de 2019, quando a economia brasileira deve apresentar sinais de crescimento. “Estamos empenhados e trabalhando para atrair novas empresas para o município. E estamos confiantes em um novo e positivo cenário da política econômica nacional, que interfere diretamente na economia local”, disse.  

 

Ranking

Saldo de Emprego na RMC – JAN/DEZ 2018

1 – Campinas: 4.973

2 - Indaiatuba: 2.094

3 – Vinhedo: 1.089

4 -  Valinhos: 1.064

5 – Holambra: 512

6 – Itatiba: 451

7 – Americana: 345

8 – Artur Nogueira: 235

9 – Sumaré: 227

10 – Cosmópolis: 152

11 – Engenheiro Coelho: 145

12 -  Santa Bárbara d'Oeste: 136

13 – Pedreira: 92

14 – Santo Antônio de Posse: 53

15 – Hortolândia: - 83

16 - Paulínia: - 109

17 – Monte Mor: - 258

18 – Nova Odessa: -358

19 - Morungaba: - 468

20 - Jaguariúna: - 1.081

 

Fonte: Caged

 

30/01/2019