Valinhos recebe sua 4ª edição da Virada Sustentável nesta sexta

Evento aberto à população terá 17 atrações gratuitas; atividades serão concentradas no CACC

A 4ª edição da Virada Sustentável de Valinhos acontece nesta sexta-feira (12), no Centro de Artes, Cultura e Comércio (CACC) Adoniran Barbosa. O evento promove, de forma descontraída e inclusiva, a partir das 8h, uma visão inspiradora sobre os resultados positivos da sustentabilidade no dia a dia da sociedade.  

A expectativa é que cerca de mil pessoas sejam impactadas pelo evento ao longo do dia. De acordo com os organizadores, serão 17 atrações, todas gratuitas, com ênfase em artes visuais, dança, cinema e teatro. O ponto central das ações será o CACC.  

A Virada Sustentável é um projeto do Ministério da Cidadania, pela Lei Rouanet, com produção da Três Apitos Cultura + Esporte, realização do Instituto Virada Sustentável e patrocínio máster da WestRock. Conta com o apoio da Prefeitura de Valinhos através da Secretaria da Cultura.

Para o secretário da Cultura, Rodrigo de Paulo Ribeiro, o Big,  a Prefeitura apoia a Virada Sustentável, que  tem como princípio a construção de um evento colaborativo, oferecendo  infraestrutura e logística. “Desde que a Três Apitos nos procurou, aceitamos de pronto o desafio de apoiar e participar”, disse.

Quem abre as programações dos períodos da manhã e da tarde (às 8h e às 13h30) é o Grupo Itinerante Anelo Itália, do Instituto Anelo. O conjunto passeia entre o público tocando, cantando e interagindo por meio da música popular brasileira.

Durante a manhã, alunos de escolas públicas previamente agendadas acompanham intervenções de música e teatro com a Banda Palhacinfônicos e o espetáculo “Clap Clown”, ambos projetos da ONG Hospitalhaços, e assistem ao espetáculo teatral “13 Gotas”, do Projeto Circula BuZuM (ônibus transformado em um teatro de bonecos ambulante).

Ainda pela manhã, cinema e narração de histórias para a criançada. O projeto CineBaru fará três sessões de 30 minutos com curtas-metragens da Mostra Sagarana de Cinema, que abordam temas como a relação campo e cidade, a questão hídrica, gênero e diversidade, e agricultura familiar.

Já a companhia Brincarte leva narradores para apresentar o espetáculo “Brincando com a Boitatá e a Bernunça”. Eles contarão as histórias e depois farão um cortejo com as duas figuras de mitos e lendas do folclore nacional.

À tarde, mais três sessões do projeto CineBaru, outras três do Circula BuZuM e duas novas atrações, uma com o artista de rua Efigee (Fernando Generoso), outra com a oficina de grafite "Tecnologia, conexão e sustentabilidade”, e a terceira com a “Fabriquinha de Brinquedos Inclusivos”, de Priscila Ribeiro, que conta com 48 jogos de mesa e brinquedos confeccionados com materiais recicláveis e acessíveis para pessoas com deficiência.

As intervenções artísticas do período da tarde serão encerradas às 16h10, com a Banda de Música do Projeto Guri – Polo Piracicaba. O conjunto apresenta, com instrumentos de sopro e percussão, repertório com dobrados, valsas, marchinhas, música erudita, e temas de filmes e séries.

A programação noturna será aberta às 19h, com duas atrações. A primeira é o Coro Infanto Juvenil do Projeto Guri - Polo Jundiaí. No repertório, MPB, músicas eruditas, peças folclóricas, rock, pop e canto coral.

No mesmo horário, mas no Centro Fundo Social de Solidariedade (Rua José Milani, nº 258), Renato Neves Sarmento apresenta o recital “Violão através dos séculos”, uma homenagem ao instrumento com apresentação de canções que começa nas obras do italiano Luys de Milan, passa por J. S. Bach, viaja através dos séculos e chega a Villa-Lobos e Milton Nascimento.

De volta ao CACC, Fernando Generoso retorna às 19h30 com mais três sessões da oficina de grafite, enquanto o público escuta músicas selecionadas por um DJ. Ainda no mesmo local, das 8h às 22h, a população poderá conferir a Exposição Tèrun, do fotógrafo Tomás Cajueiro. A série dá voz aos acampados da ocupação Marielle Vive, em Valinhos.

“É um orgulho ter trazido a Virada Sustentável para nossa região. Estamos juntos desde a sua primeira edição no interior do Estado, em 2015. Desde então, o projeto não para de crescer em relevância, engajamento e potencial transformador em Campinas, Valinhos e região”, diz a head de Comunicação Corporativa e Sustentabilidade WestRock.

Segundo Cynthia, a Virada Sustentável é exemplar em criar laços comunitários e despertar as consciências individual e coletiva para os novos tempos. “São ações simples, diversão e entretenimento para que a cultura de cuidado com o planeta e respeito às pessoas seja propagada e introspectada em nossas vidas”, resume.

 

Serviço

4ª Virada Sustentável Campinas - Valinhos

Quando: 12 de abril, a partir das 8h       

Local: CACC (Centro de Artes Cultura e Comércio Adoniran Barbosa)

Endereço: Av. dos Esportes, s/nº, Vila Olivo

Confira a programação completa em www.viradasustentavel.org.br

 

11/04/2019