Valinhos será palco do Festival Nossa Arte das APAEs de SP

Evento democratiza a arte para que as pessoas com deficiência sejam protagonistas

Valinhos será palco da 15ª edição estadual do Festival Nossa Arte, promovido pela Federação das APAEs do Estado de São Paulo (FEAPAES-SP), em conjunto com a APAE Valinhos e apoio da Prefeitura. O evento acontece entre os dias 15, 16 e 17 de julho.

O festival vai reunir aproximadamente 600 pessoas, entre artistas, técnicos, professores e acompanhantes de diversas APAES de São Paulo, nos estúdios da Rede Século 21 (RS21). Na abertura estão confirmadas as participações do escritor e apresentador Max Gehringer, de Paulinho Duque, da APAE de Rondônia, que estourou nas redes sociais cantando a música “Hear me now”, e de Guipson Pierre, o haitiano que participou do The Voice Brasil, que se apresentará com sua banda.

Serão três dias de intensa programação cultural com espetáculos de dança, canto, exposições de artes e teatro. Segundo o presidente da FEAPAES, Cristiany de Castro, o festival é uma oportunidade para que as pessoas com deficiência tenham acesso à arte e à cultura, e também para que sejam protagonistas e não apenas espectadoras.

O prefeito Orestes Previtale determinou que todas as secretarias municipais dessem total apoio e suporte para realização do evento. “É um festival importante para a APAE, mas, sobretudo, é importante para Valinhos, para promover inclusão social e também todas as formas de manifestação artística. Nossa população é nosso maior patrimônio”, afirmou. 

O prefeito lembrou que a arte faz parte da construção da história. “Temos de universalizar a arte para construirmos uma cultura cada vez mais rica e humana. E isso envolve tornar a arte acessível a todas as pessoas. Esse festival fortalece nossa crença de que cada um dos nossos moradores é e deve ser protagonista da nossa história”, acrescentou.

Segundo a APAE Valinhos, a realização do Festival que, a princípio aconteceria na cidade de São Carlos, será um grande desafio. ”Realizar o festival em nossa cidade será uma grande honra e também uma grande oportunidade para conhecermos o que as outras APAEs estão realizando nesse campo tão importante que é a cultura, pois ela, além de unir e integrar, consegue quebrar muitos preconceitos”, informou a direção da APAE Valinhos .

Segundo a entidade, a escolha de Valinhos ocorreu em função das facilidades de logística e pela infraestrutura da Rede de TV Século 21, que também se disponibilizou a fazer a cobertura do evento e transmitir em sua programação.

INFRAESTRUTIRA E APOIO

Para a realização do Festival Nossa Arte em Valinhos, o prefeito Orestes Previtale determinou que todas as secretarias atendessem aos pedidos dos organizadores. Estão envolvidas no festival as secretarias de Educação, Cultura, Esportes e Lazer, Obras e Serviços Públicos, Mobilidade Urbana, Saúde e Segurança e Defesa do Cidadão.

O alojamento de cerca de 400 pessoas que participarão do festival será nas dependências do Parque Municipal Monsenhor Bruno Nardini, que recebeu manutenção e atenção especial, como o fechamento das treliças, para evitar claridade e conter o frio. Os vestiários da Piscina Municipal serão usados pela comitiva.

A prefeitura locou tendas para ampliar a cozinha do Espaço Asseutil, onde será montado o refeitório. O café da manhã dos três dias do evento será preparado e servido pelas merendeiras da Secretaria de Educação. Também foi disponibilizado serviço de som para a realização do baile do Festival Nossa Arte.

A casinha de madeira do Parque Municipal, com acesso a Internet, será usada por equipes de apoio ao evento. Toda manutenção, serviço de limpeza e material de higiene também é de responsabilidade da Prefeitura. As secretarias de Mobilidade Urbana e de Segurança irão acompanhar de perto as delegações participantes.

 

10/07/2019