frente fss novo

Fundo Social de Solidariedade

No decorrer deste ano, o Fundo Social de Solidariedade, órgão pertencente ao Gabinete do Prefeito, pretende dar continuidade e, ao mesmo tempo, ampliar suas ações em benefício da comunidade, comprometido com os seus objetivos institucionais e outros assumidos pela administração municipal junto à população.

O órgão foi fundado em 27 de abril de 1989, pela Lei Municipal nº 2155 e regulamentado pelo Decreto nº 3260 do mesmo ano. E nos últimos seis anos sua atuação tem crescido e se diferenciado com a realização de projetos de responsabilidade social que priorizam a cidadania e caminham lado a lado com as prioridades da Administração Municipal relacionadas às questões sociais com políticas públicas especialmente voltadas a educação, saúde e promoção social.

Neste painel em busca da dignidade e cidadania de toda a comunidade cresceu a função e importância do Fundo Social, que deixou de ser apenas uma instituição auxiliar no quadro da assistência social do município para se transformar em um grande instrumento de promoção humana e de melhoria das condições de vida da população.

Desequilíbrios gerados no processo de desenvolvimento econômico colocam uma parte da população à margem do progresso, causando grandes desigualdades. Afetada pela baixa renda, com insuficiente escolaridade, sem qualificação profissional, o que dificulta sua inserção no mercado de trabalho. Isto agrava ainda mais suas condições de sobrevivência: alimentação, moradia, saúde. Falta de preparação para o trabalho e desemprego são situações limites que exigem do poder público ações propiciadoras de proteção social e abertura de novas oportunidades de emprego e renda.

Em atenção a esta problemática o Fundo Social pretende, de um lado, intensificar sua assistência imediata às pessoas que vivem em dificuldades, buscando alívio para suas necessidades de emergência com socorro alimentar, vestuário, apoio à família carente e, de outro, superar a simples prática assistencialista, abrindo portas para solução mais efetiva dos problemas de sobrevivência sócio-econômica.

Esta linha de ação, adotada pelo Fundo Social de Solidariedade de Valinhos, identifica o trabalho que vem sendo exercido em direção à promoção social e abertura de oportunidades para o desenvolvimento econômico das famílias por meio de cursos gratuitos de capacitação profissional e outras práticas de geração de renda, de preparação para o trabalho e de inserção no mercado.

Somam-se a tudo isto iniciativas inovadoras e campanhas de cooperação e solidariedade que, além de sua conotação oficial, buscam o envolvimento ativo da comunidade em torno da questão social e no desenvolver do espírito de solidariedade, de responsabilidade social e do exercício da cidadania



Presidente