Procon orienta consumidores na Prefeitura e inicia ações preventivas com comerciantes

15-procon

Órgão faz cerca de 5.000 atendimentos na cidade por ano, com até 90% de resolutividade

Com dois técnicos mobilizados no saguão da Prefeitura, o Procon (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor) de Valinhos fez atendimento à população durante o Dia do Consumidor, comemorado nesta quarta-feira (15). O valinhense aproveitou para retirar dúvidas, fazer reclamações e receber orientação específica sobre alguns casos. Como novidade, o órgão também lançou um trabalho preventivo junto aos estabelecimentos comerciais.

Na opinião da diretora do Procon, Vilma Albuquerque, o evento serviu para reafirmar os direitos conquistados do consumidor, principalmente após a instituição do Código de Defesa do Consumidor, em 1990. Além de explicar e orientar sobre os direitos dos valinhenses, o órgão também distribuiu cartilhas gratuitamente, como o Guia de Defesa do Consumidor e Guia para Passagem Gratuita para Idoso.

O Procon atua de forma extrajudicial para que os direitos do consumidor sejam cumpridos. Anualmente, o órgão faz cerca de 5.000 atendimentos na cidade, com até 90% de resolutividade. “Mensalmente, fazemos cerca de 400 atendimentos. Destes, 70% são referentes à telefonia”, calcula. De olho nas estatísticas, o órgão iniciou nesta gestão um trabalho preventivo de visitas aos comerciantes, visando esclarecer sobre os direitos do cliente.

O objetivo é aumentar o consumo na cidade. “Consumidor bem atendido, volta”, defende a diretora do Procon. A ação começou na área central da cidade e será estendido aos bairros com comércio mais intenso.

Aprovação – “Vim à Prefeitura e gostei de receber também orientações do pessoal do Procon. Foi uma iniciativa prática”, diz Luciana Santiago da Silva Rocha, moradora do Bairro Água Nova. Ela tenta negociar com uma empresa sobre problemas em seu computador, que está fora da garantia. “Já conversei com o pessoal da empresa. Eles nem retornam mais as minhas ligações”, reclamou.

A moradora da Vila Santana, Magda Cremasco Vieira, comparou suas atitudes com as dicas da cartilha Orçamento Doméstico, que ensina planejamento de gastos da família, distribuída também gratuitamente pelo Procon. “Temos que ficar atento com os gastos, com cartão de crédito. Tudo tem que ser planejado”, prega, lembrando que ela segue à risca os ensinamentos.

Mais informações no Procon, que fica na Avenida dos Esportes, 303, telefone (19) 3871-1223.

 

15/03/2017