Valinhos recebe prêmio da CPFL por projeto de eficiência energética do DAEV

18-daev

Conquista permite reduzir consumo de energia elétrica de água com o uso de tecnologia mais eficiente

O Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos (DAEV) recebe prêmio de R$ 1 milhão da CPFL Energia por projeto de Eficiência Energética desenvolvido pela autarquia. A parceria foi assinada na quarta-feira (17) pelo prefeito Orestes Previtale e o gerente de Negócios da CPFL Paulista, José Nanini Neto. A verba será investida na instalação um software para gestão de rede de água e esgoto, na instalação de 738 lâmpadas de LED com uma economia estimada de até 60% e 10 aparelhos de ar condicionado eficientes.

“É uma conquista de todos. Metade do consumo de energia elétrica do DAEV é com captação de água. Com o tratamento e distribuição, esse número passa para 86%. Então o projeto é fundamental. Vamos ter um ganho muito grande ao conseguir gerenciar perdas. Hoje é uma semente que está sendo plantada que no futuro vamos colher frutos que serão muito gratificantes para todos”, esclarece o engenheiro do DAEV, Ricardo Gardin.

A solenidade de assinatura contou com a presença do prefeito Orestes Previtale, da vice-prefeita, Lais Helena, do engenheiro de Eficiência Energética da CPFL, Fábio de Souza Florentino; do sócio-proprietário da Linedata, Marcos Antonio Danella; do diretor Técnico Operacional da ARES-PCJ, Carlos Gravina; além de servidores do DAEV.

“Parabenizo os nossos servidores criativos e empenhados que lutaram por esta causa. É o ponto de partida para melhorar algumas situações na Autarquia, como mais justiça na cobrança da tarifa para os consumidores, tendo em vista que a energia elétrica impacta na composição do preço. Essas melhorias vão refletir no município de uma forma muito positiva”, declarou o presidente do DAEV, Pedro Inácio Medeiros.  

“Gastar mais do que o planejado com energia pode ser um indicativo de perdas, desperdícios ou mau funcionamento de equipamentos. Um projeto como este fornece soluções para economia de energia e, consequentemente, de gastos. Chegou a oportunidade e precisamos aproveitar”, disse Orestes.

 

18/05/2017