CATEGORIA : Educação
Prefeitura finaliza 100% das unidades de ensino municipais com internet de alta velocidade

22/09/2021 às 09:00:00
Local: Valinhos - SP

É o início de três etapas de investimento em Tecnologia na área da Educação da cidade
A Prefeitura de Valinhos, numa ação integrada entre Secretaria de Tecnologia, Inovação e Comunicação com a Secretaria da Educação, finalizou a implantação de internet por fibra ótica em 100% nas unidades de ensino da Rede Municipal de Valinhos. Presente em todos os prédios em funcionamento, a principal vantagem do investimento no ensino se reverte no aprimoramento das aulas com recursos de multimídia, além de melhoria na parte administrativa. O investimento em Tecnologia da Informação (TI) faz parte do Plano Desenvolve Valinhos da atual gestão.

“Nesta primeira fase de implantação de tecnologia, as escolas são muito beneficiadas, facilitando a rotina administrativa e impactando a qualidade do ensino”, adianta a prefeita Capitã Lucimara Godoy. 

A secretária de Tecnologia, Inovação e Comunicação, Roberta Calif, lembra que a conexão favorece tanto as escolas rurais quanto as urbanas, que contavam com apenas 12 megabytes (MB) no sistema rádio, que tinha quedas frequentes de sinal. “Este ano passam a contar com 100 MB”, informa Roberta, lembrando que haverá uma melhoria significativa nas aulas online e nas atividades de laboratórios de informáticas das unidades.

“Tinham escolas em que a única conexão com a internet era via rádio. Isso significava um custo maior para o município, além de uma internet de baixa velocidade e instável, o que acarretava muitas dificuldades em sua utilização como ferramenta pedagógica”, detalha o secretário de Educação, Cleber Magdalena. Segundo ele, a conexão antiga era compatível apenas para o desenvolvimento dos trabalhos administrativos, para atividades básicas dos professores como chamada e registro de atividades no Diário Digital.

Anteriormente, nos laboratórios de informática era possível realizar apenas pesquisas mais simples e atividades que não demandassem um alto consumo de dados. “Por exemplo, vídeos de apoio para a aprendizagem do conteúdo deveriam ser armazenados em mídia física como pen drive, DVD e outros, para não comprometer os trabalhos administrativos da escola”, explica o secretário.

Conforme ele, com a mudança o professor poderá aprimorar suas aulas utilizando recursos de multimídia que estão disponíveis na internet, como vídeos, aplicativos e softwares que dependem de uma conexão estável e mais veloz. “Isso otimiza o trabalho do professor que passa a ter mais ferramentas pedagógicas à sua disposição”, acrescenta o secretário. 

A fibra permite a transmissão das aulas online por meio da ferramenta Educa Class, que é uma API (Application Programming Interface) inserida dentro da Plataforma Educa Digital que permite chamadas por videoconferência gastando menos dados e com mais segurança para os alunos.

Igualdade
Com a implantação da fibra ótica, as escolas rurais passam a realizar o mesmo tipo de trabalho que as escolas da zona urbana. “Isso significa equidade no acesso e utilização da tecnologia como ferramenta pedagógica, possibilitando a todos os alunos da Rede Municipal de Valinhos acesso aos mesmos conteúdos digitais disponíveis que são utilizados no processo de ensino-aprendizagem”, explica o secretário, incluindo os CEMEIs.

Para o secretário da Educação, a tecnologia se mostrou essencial na educação na atualidade. “Valinhos dá um salto de qualidade ao investir na infraestrutura de tecnologia das escolas, possibilitando o desenvolvimento integral dos alunos, bem como avanços nos índices das avaliações externas, como Ideb, Saeb e outros”, conclui o secretário. 

De acordo com o secretário, um estudo realizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) mostra que a infraestrutura tecnológica das escolas é fator decisivo para a melhoria da aprendizagem. Os resultados de testes de língua portuguesa ou espanhola e de matemática mostraram que nas unidades em que existem laboratórios de informática e de biblioteca o desempenho dos alunos é muito superior. “Por exemplo, nas escolas com infraestrutura a média em língua portuguesa ou espanhola foi de 525 pontos, enquanto nas que não havia infraestrutura adequada foi de 506. Em matemática, a proporção foi de 524 a 497 pontos”, acrescenta.

Impacto
Segundo a secretária de Tecnologia, Inovação e Comunicação, Roberta Calif, a vantagem da fibra ótica é ter mais velocidade de conexão e maior estabilidade na transmissão de dados, com menor necessidade de manutenção. 
“Todos têm internet hoje na Prefeitura e tudo funciona”, resume ela, lembrando que a Coordenadoria do Bem-Estar Animal está em fase final de implantação da internet, em função da longa distância.  

Cada prédio tem seu link dedicado. Na prática, significa que não são dependentes do funcionamento de outros equipamentos. “São independentes entre si”, acrescenta a secretária.

Em sua opinião, a mudança só traz benefícios à cidade. “A mudança foi extremamente positiva e o impacto maior é na ponta final, que a prestação de serviço à população”, define a secretária. Para ela, é um grande passo para esta gestão, em relação ao que estava defasado anteriormente.

A mudança de internet, via rádio, para a fibra ótica começou no dia 17 de maio e já está concluída a primeira fase. O contrato foi feito com a BRA Serviços de Comunicação, a Net Turbo, no valor anual de aproximadamente R$ 239 mil. 

Fibra ótica
A fibra ótica é uma estrutura composta por filamento de vidro, envolvo em camadas de plástico, com transmissão de dados por longas distâncias em alta velocidade.