CATEGORIA : Gabinete da Prefeita
Prefeita Capitã Lucimara recebe diretoria da Associação de Preservação Histórica de Valinhos 

24/09/2021 às 10:14:00
Local: Valinhos - SP


A APHV comemora 7 anos de atividades na cidade; prefeita visita também o Museu localizado na Estação Ferroviária, que passa por melhorias de infraestrutura
Diretores da Associação de Preservação Histórica de Valinhos (APHV) estiveram em reunião com a prefeita Capitã Lucimara na Prefeitura de Valinhos nesta quinta-feira (23). Na ocasião, apresentaram as ações da entidade, que comemora 7 anos de atividades em Valinhos, com trabalhos realizados em parceria com a Secretaria da Cultura. A prefeita, também, acompanhou como está o Museu e Acervo Municipal Fotógrafo Haroldo Ângelo Pazinatto, que segue em reforma. No encontro, o presidente e diretor da APHV, Marcel Trombetta Pazinatto e Sérgio Leandro Ferrari, respectivamente, foram recepcionados, além da prefeita Capitã Lucimara, pelo secretário da Cultura, Ricardo do Vale. 

“Para nós, da associação, é uma data histórica, e agradeço muito à prefeita por esta recepção e diálogo, importante para a cidade”, afirmou o presidente da entidade. Segundo ele, a APHV se mantém bastante ativa na cidade. “Relatamos as atividades desenvolvidas desde 2014, quando a associação nasceu”, explicou Pazinatto. 
Também foi relembrada a participação da entidade nas exposições das Festas do Figo, a digitalização dos filmes do museu, o trabalho na reserva técnica e a participação da associação nos conselhos municipais, entre outros.

“É decisivo que a Prefeitura sempre tenha porta aberta para dialogar e acompanhar os avanços das entidades e associações da nossa cidade, que com seriedade e profissionalismo sustentam a identidade cultural e histórica de Valinhos, como tem sido realizado pela APHV”, comentou a prefeita Capitã Lucimara.

Já na estação de trem, em companhia da prefeita e do secretário, Pazinatto lembrou da importância da atual parceria com a Secretaria da Cultura, destacando a reforma do local. Na ocasião, aproveitou para contar a história do museu e suas peças. “ Nesses 25 anos, ocorreu muito pouco investimento financeiro na infraestrutura, com as reformas do ano de 1996, e a atual revitalização vem na hora certa, em parceria entre Prefeitura, via Secretarias da Cultura e Obras e Serviços Públicos, e a associação”, acrescentou.

O museu na antiga estação ferroviária de Valinhos foi criado em 1996 em decorrência das comemorações dos 100 anos de elevação do município à categoria de Distrito de Paz. De acordo com ele, está em estudo desde os detalhes da reforma até o dinamismo da exposição no local, aliado ao conforto do visitante. “O novo projeto luminotécnico proposto pela Prefeitura, que já implantou lâmpadas de LED e irá seguir com estes investimentos, traz um novo visual ao local”, adianta. 

Patrimônio
O presidente da APHV lembra que, além da estação ferroviária, pertencente ao governo federal com concessão parcial à Prefeitura, há outros três bens arquitetônicos também tombados pelo Condephaat.  São eles os Edifícios da antiga fábrica da companhia Gessy Industrial, a sede da antiga Fazenda Cacutá (atual sede do Clube de Campo Vale Verde) e a Casa de Flávio de Carvalho.

A APHV é a primeira entidade particular e sem fins lucrativos de Valinhos que tem como objetivo contribuir para a preservação do patrimônio material e imaterial da cidade.