Ir para o conteúdo

Prefeitura de Valinhos e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura de Valinhos
Acompanhe-nos:
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
20
20 AGO 2021
SAÚDE
Vacinação Covid: Com baixa procura inicial, Valinhos amplia mais uma faixa com agendamento para adolescentes de 12 a 15 anos do grupo de comorbidades
enviar para um amigo
receba notícias

Atualização sobre o agendamento para 12 a 17 anos - grupo comorbidades: 
Por um atraso na atualização do sistema, ao invés das 10h00, como divulgado, foi aberto agora 10h40 o agendamento para a nova faixa etária de 12 a 15 anos, completando à de 16 e 17 aberto ontem. Mesmo sendo um erro de sistema, e não da organização e divulgação da Prefeitura, pedimos desculpas pelo ocorrido.

Pela baixa procura até o momento do agendamento para vacinação de adolescentes de 16 e 17 anos do grupo de comorbidades, a Prefeitura de Valinhos, por meio da Secretaria de Saúde, resolveu ampliar e já abre, a partir das 10h00 desta sexta, 20 de agosto, o agendamento para 1ª dose de adolescentes de 12 a 15 anos do grupo de comorbidades, mantendo também o agendamento já aberto desde ontem para o grupo de 16 e 17 anos do mesmo grupo. A vacinação acontece na próxima 3ª feira, dia 24, no Parque Municipal Monsenhor Bruno Nardini (Parque da Festa do Figo). O agendamento pelo sistema Siss Online (http://valinhosportal.sissonline.com.br) deve ser preenchido com os dados do próprio adolescente. 

Este agendamento é específico para os adolescentes do grupo agora de 12 a 17 anos com comorbidades, incluídos neste grupo gestantes, puérperas e deficientes da mesma faixa etária, da 1ª dose do imunizante da farmacêutica Pfizer, o único autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para ser aplicado nesta faixa etária, sendo necessária a administração das duas doses para ser considerado o esquema vacinal completo.

Vagas

Nesta primeira fase de vacinação, da faixa etária de adolescentes com comorbidades, gestantes, puérperas e deficientes estão previstas 500 vagas, com horários de agendamentos entre 10 e 15 horas do próximo dia 24, no Parque Municipal Monsenhor Bruno Nardini (Parque da Festa do Figo). Caso necessário, a quantidade de vagas será ampliada.

Grupo de comorbidades

Os adolescentes de 12 a 17 anos pertencentes ao grupo estabelecido para o agendamento, com uma ou mais das comorbidades pré-determinadas, poderão apresentar no momento da vacinação qualquer comprovante que demonstre pertencer a um dos grupos de risco (exames, receitas, relatório médico, prescrição médica, etc.), desde que conste o CRM do (a)médico (a).

Para a vacinação das gestantes, estas deverão apresentar carta médica autorizando a aplicação. No caso de puérperas, as adolescentes deverão comprovar fase de puerpério (declaração de nascimento da criança, certidão de nascimento ou laudo médico) e também pertencer à faixa de idade recomendada para vacinação.

No dia da vacinação, solicita-se impreterivelmente que sejam apresentados o comprovante de endereço do adolescente (que pode ser em nome dos pais ou responsável legal) e documento com foto para comprovação da identidade e faixa etária. Caso o adolescente for desacompanhado de um adulto (pais ou responsável legal), o mesmo deverá ainda apresentar um termo devidamente preenchido e assinado pelos pais ou responsável legal, para que possa ser efetivada a vacinação. O termo está disponível logo abaixo.

Documento necessário caso o adolescente compareça à vacinação desacompanhado dos pais ou responsável

ATENÇÃO: Caso não haja a presença de 01 adulto responsável, a vacinação poderá ocorrer diante da apresentação de termo de assentimento (clique aqui para download) devidamente preenchido e assinado pelos pais e/ou responsáveis legais, em acordo com o disposto no art.142 do Estatuto da Criança e do Adolescente, o qual recomenda-se que seja retido pelo serviço de saúde que procederá com a vacinação.

Como se agendar

O agendamento, que deve ser realizado pelo novo sistema implantado pela Secretaria da Saúde, o Siss Online (http://valinhosportal.sissonline.com.br), permanecerá aberto até que as vagas sejam esgotadas. Nesse novo sistema é necessário realizar duas etapas: o cadastramento e, após isso, o agendamento para vacina. O passo a passo está disponível pelo link: passo a passo.

A vacinação ocorrerá das 10h00 às 15h00, no dia 24, conforme escolha de horário a ser realizada no momento do agendamento, no Pavilhão do Parque Municipal Monsenhor Bruno Nardini (Parque da Festa do Figo). A Prefeitura pede que seja respeitado o horário agendado e evitado atrasos. Também pede-se o uso de máscara facial. Não haverá Drive-Thru.

Para facilitar o processo de vacinação, a Secretaria da Saúde destaca também a importância de realizar o pré-cadastro no programa Vacina Já, idealizado pelo Governo do Estado de São Paulo para otimizar o tempo gasto no preenchimento dos dados para o agendamento das doses.

O preenchimento de dados como nome completo, CPF, endereço completo, telefone e data de nascimento da pessoa que receberá a vacina no site Vacina Já (https://www.vacinaja.sp.gov.br/) economiza 90% no tempo de atendimento para receber a imunização. Mas é importante esclarecer que o pré-cadastro no site do Estado (Vacina Já) e o agendamento no sistema da Prefeitura (quando liberado para as faixas etárias tanto na 1ª como na 2ª dose) são sistemas diferentes. E os dois são necessários.

Doação de alimentos

As pessoas agendadas para se vacinarem, em todas as etapas, podem contribuir com a campanha Vacina Contra Fome, iniciada em Valinhos pela Prefeitura, através do Fundo Social de Solidariedade. Desde o início da campanha, já foram arrecadadas mais de 12 toneladas de alimentos, que serão distribuídos às famílias que buscam a sede do Fundo para buscar mantimentos durante a pandemia.

Desenvolvida pela Secretaria de Desenvolvimento Social, com participação da Secretaria da Comunicação do Estado de São Paulo, a ação convida cada pessoa apta a se vacinar contra a Covid-19 a levar um quilo de alimento não perecível para doação, no local de vacinação em seu município. Os alimentos não perecíveis, preferencialmente a serem doados, são arroz, feijão, macarrão e leite em pó.

Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia