Ir para o conteúdo

Prefeitura de Valinhos e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Valinhos
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
10
10 AGO 2022
SEGURANÇA PÚBLICA
Lei Maria da Penha é tema de encontro de mulheres no Jd. das Figueiras
enviar para um amigo
receba notícias
PROCESSANDO ÁUDIO
Os 16 anos da Lei Federal Maria da Penha (11.340/2006), criada para colocar em prática mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher em todo Brasil, será tema de palestra da subinspetora GCM Rose, coordenadora do Projeto Guardiã Maria da Penha, nesta quarta-feira, dia 10, às 14 horas na Comunidade Nossa Senhora das Graças, no Jardim das Figueiras (Avenida Olga Pogetti Vieira, 27). O evento, que é gratuito, está sendo promovido pela Prefeitura de Valinhos, por meio das secretarias de Assistência Social e Segurança Pública e Cidadania, através da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para Mulheres, Guarda Civil Municipal e Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) do Jardim das Figueiras.

"Estamos preocupados e mobilizados em levar para cada canto de Valinhos ações de conscientização sobre como diminuir e erradicar a violência contra a mulher. Para tanto, estamos promovendo dentro do mês temático Agosto Lilás uma programação aberta voltada para a população, justamente tentando atender as pessoas nos bairros, para que elas possam participar e não precisem se deslocar para outras regiões da cidade", disse a prefeita Capitã Lucimara Godoy.

A subinspetora da Guarda Civil Municipal destacou que o artigo 8° da Lei Maria da Penha trata das medidas integradas de prevenção à violência, como a promoção e a realização de campanhas educativas de prevenção da violência doméstica e familiar contra a mulher, voltadas ao público escolar e à sociedade em geral, e a difusão da Lei e dos instrumentos de proteção aos direitos humanos das mulheres. "É numa simples conversa que podemos plantar a conscientização da cultura de respeito, e no caso de vítimas, despertar nelas a coragem de denunciar a agressão velada, que pode estar até disfarçada de proteção no âmbito familiar", explicou Rose.

A palestra é gratuita e aberta para todos os públicos, não somente mulheres. "Nestas palestras são transmitidos conhecimentos para identificar sinais de possível prática de violência, como exemplo marcas pelo corpo. A vítima às vezes resiste em denunciar, mas um amigo ou conhecido pode identificar e acionar as autoridades policiais", salienta o secretário de Segurança Pública e Cidadania, Osmir Cruz.

Para o comandante da Guarda Civil Municipal, Aparecido Ignácio, cada vez é mais importante a participação da população nas questões de segurança, e também na preservação da integridade dos diversos públicos protegidos pela segurança pública, entre eles as mulheres. "A corporação trabalha para garantir os direitos de segurança de toda comunidade, e quando a sociedade participa como parceira, a proteção acaba sendo mais eficaz", disse Ignácio.
Autor: Departamento de Comunicação - Prefeitura de Valinhos
Local: Valinhos
Seta
Versão do Sistema: 3.2.6 - 05/09/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia