Ir para o conteúdo

Prefeitura de Valinhos e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Valinhos
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
05
05 AGO 2022
SAÚDE
Com atendimento pós-covid e infecto pediatria, Prefeitura intensifica ações do Departamento de Vigilância em Saúde
enviar para um amigo
receba notícias
PROCESSANDO ÁUDIO
Nos últimos anos, com a chegada da pandemia e os esforços para o combate à Covid-19, um setor da área da saúde ficou em grande evidência: a Vigilância em Saúde, distribuída entre as divisões Epidemiológica, Sanitária, Zoonoses e Saúde do Trabalhador. A Prefeitura de Valinhos, por meio da Secretaria da Saúde, explica que, na cidade, este departamento está relacionado às práticas de atenção e promoção da saúde dos cidadãos e aos mecanismos adotados para prevenção de doenças. No governo da prefeita Capitã Lucimara, pensando na melhoria contínua do atendimento, a Vigilância passou a oferecer atendimento pós-covid e infecto pediatria, além disso, Valinhos se transformou no polo de distribuição de medicamentos para hepatites virais.
 
“A Vigilância é extremamente importante para o controle da saúde no município e trabalhamos sempre para tornar este serviço cada vez mais eficaz. Levando em consideração o momento em que estamos passando, o atendimento pós-covid para pacientes que tiveram a forma grave da doença ou permaneceram com sequelas após o período de contaminação se tornou necessário na cidade. Além disso, passamos a ter um ambulatório de infecto pediatria, com atendimento desde fevereiro de 2021, mediante encaminhamento do médico pediatra. Antes, as crianças que necessitavam de infectologista precisavam ser encaminhadas para a regulação de vagas regional, o que acabava demorando”, afirmou a prefeita Capitã Lucimara.
 
O Departamento de Vigilância em Saúde integra diversas áreas de conhecimento e aborda diferentes temas, cada um tratado em sua respectiva divisão, como política e planejamento, territorialização, epidemiologia, processo saúde-doença, condições de vida e situação de saúde das populações, ambiente e saúde e processo de trabalho.
 
“Nosso Departamento de Vigilância é formado por cerca de 100 profissionais, somando todas as divisões. No conjunto, é uma equipe extremamente empenhada em garantir a ordem da saúde da cidade, e isso pode ser visto principalmente agora com a pandemia, onde a vacinação foi o fator chave para o controle da doença, além do surto de Dengue, que conseguimos controlar através dos trabalhos de busca ativa, entre outras ações da Vigilância”, comentou o secretário da Saúde, Dr. Luiz Gabriel Signorelli.
 
Vigilância Epidemiológica / CEDIC CTA
 
A equipe da Vigilância Epidemiológica de Valinhos é formada por 17 profissionais e tem a função de reconhecer as principais doenças de notificação compulsória e investigar epidemias que ocorrem em territórios específicos. Além disso, age no controle e prevenção dessas doenças específicas. É responsável pela análise e acompanhamento do comportamento epidemiológico das doenças e agravos.
 
Trabalha na coleta e processamento dos dados, análise, interpretação e atuação de medidas para a contenção de surtos, epidemias e pandemias de doenças na cidade. Além disso, o objetivo principal é fornecer orientações técnicas permanentes para os profissionais de saúde, que tenham a responsabilidade de decidir sobre a execução das ações de controle de doenças e agravos, tornando disponíveis as informações atualizadas sobre a ocorrência destas, bem como dos fatores que a condicionam.
 
O CEDIC CTA (Centro Especializado em Doenças Infecto Contagiosa/Centro de Testagem e Tratamento da Aids) tem como finalidade o acolhimento, diagnóstico e tratamento das pessoas diagnosticadas com doenças infectocontagiosas, além de orientações sobre a prevenção de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e testagem rápida. No local também é feito o atendimento pós-covid para pacientes que ficaram com sequelas, mediante encaminhamento após consulta com clínico geral. Os atendimentos são ambulatoriais e os pacientes retornam até a resolução ou estabilidade da doença. Cada um tem um cuidado específico de acordo com a sua sequela, avaliado e tratado pelo médico.
 
Dentre as ações da Vigilância Epidemiológica/CEDIC, destaca-se: alimentação de dados dos diversos sistemas do Ministério da Saúde, vacinações, buscas ativas, tratamentos e acompanhamentos de doenças infectocontagiosas, prevenção, orientações e aconselhamento, gerenciamento de exames específicos e distribuição dos medicamentos para essas doenças e promoção da Prevenção de IST.
 
Vigilância Sanitária
 
O trabalho da Vigilância Sanitária consiste em ações de fiscalizações externas e de trabalho administrativo interno, por meio da atuação em estabelecimentos e atividades de interesse à saúde, em um total de mais de 1.500 (hum mil e quinhentos) estabelecimentos do município de Valinhos. A equipe, atualmente, é composta por 12 profissionais.
 
Entre as atividades executadas e ações realizadas pela equipe: Licenciamento Sanitário Inicial; Renovação de Licença Sanitária; Baixa e Assunção de Responsabilidade Técnica; Avaliação de Projetos Propostos para Fins de Obtenção de LTA; Atendimento a Denúncias e Reclamações; Processos Administrativos; Notificações; Fiscalização de Rotina; Fiscalização Mediante Denúncia ou Solicitação de Outro Órgão; Coleta de Análises Fiscais; Interdição de Produtos, Equipamentos e/ou Estabelecimentos; Orientações e Investigações Técnicas.
 
Vigilância em Zoonoses
 
A equipe multiprofissional da Zoonoses de Valinhos, composta por cerca de 40 profissionais, desenvolve ações para a prevenção de doenças transmissíveis entre o homem e animais. Entre elas:
 
Controle da raiva, que consiste na vacinação de cães e gatos, observação clínica de animais suspeitos de raiva, coleta e encaminhamento de amostras de animais suspeitos para Diagnóstico de Raiva, Febre Amarela e outras zoonoses, além de outras orientações e técnicas;
 
Controle da febre maculosa, que consiste na determinação e monitoramento dos locais de provável infecção dos casos confirmados de FMB, envio para identificação de vetores atividades educativas e outras orientações técnicas;
 
Controle da leptospirose, que consiste em ações de anti e desratização em locais com infestação, monitoramento das áreas de risco, encaminhamento de soro para diagnóstico, atividades educativas e orientações técnicas;

Controle da leishmaniose, que consiste na coleta e envio de material para diagnostico de casos positivos, acompanhamento dos casos, mapeamento de áreas confirmadas e atividades educativas;

Controle da dengue, que consiste em ações casa a casa para vistoria e orientação, acompanhamento em pontos estratégicos e imóveis especiais, busca ativa e controle de criadouros, além de atividades educativas;

Controle de animais peçonhentos e sinantrópicos, além do monitoramento de outras zoonoses;

Ações de vigilância sanitária em locais riscos à saúde pública.
 
Saúde do Trabalhador
 
A Saúde do Trabalhador é o conjunto de atividades do campo da saúde coletiva que se destina, por meio das ações de Vigilância Epidemiológica e Vigilância Sanitária, à promoção e proteção da saúde dos trabalhadores, assim como visa a recuperação e reabilitação da saúde dos trabalhadores submetidos aos riscos e agravos.
 
A equipe, que é formada por 4 profissionais, tem como ações a vistoria e inspeção das empresas no que diz respeito à saúde e bem estar do trabalhador, assim como averiguação de denúncias de irregularidades, visando adequar o ambiente ao bem estar físico e mental dos funcionários.
 
 
 
Autor: Departamento de Comunicação - Prefeitura de Valinhos
Local: Valinhos
Seta
Versão do Sistema: 3.2.6 - 05/09/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia