Ir para o conteúdo

Prefeitura de Valinhos e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Valinhos
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
SET
21
21 SET 2022
SAÚDE
No Dia Nacional de Conscientização da Doença de Alzheimer, Prefeitura destaca atendimentos oferecidos na rede municipal de Saúde
enviar para um amigo
receba notícias

Esta quarta-feira, 21 de setembro, é o Dia Nacional de Conscientização da Doença de Alzheimer, doença neurodegenerativa que afeta, principalmente, pessoas acima de 65 anos de idade. Neste dia, a Prefeitura de Valinhos, por meio da Secretaria da Saúde, destaca o atendimento oferecido pela rede municipal de saúde para pacientes suspeitos e diagnosticados com a doença nos Centros de Especialidades da cidade.

“O Alzheimer é uma doença séria, que atinge não só o paciente, mas também toda a família. Nós, como poder público, temos o dever de oferecer atendimento e tratamento na rede pública de saúde, para ajudar o paciente a ter uma vida mais tranquila e controlada”, afirmou a prefeita Capitã Lucimara.

O Alzheimer afeta aspectos como memória, linguagem e percepção do mundo, o que causa alterações no comportamento, na personalidade e no humor do paciente. A doença ainda não tem cura, mas o tratamento ajuda no controle para uma melhor qualidade de vida.

Em Valinhos, quando o paciente ou o acompanhante apresenta alguma queixa durante a consulta, o procedimento utilizado na rede municipal é feito da seguinte maneira: primeiro, é descartado qualquer outro diagnóstico, como alterações na tireoide, anemia, infecções, ou qualquer outro fator que possa simular sintomas parecidos com o Alzheimer.

Após essa avaliação inicial, o paciente é encaminhado para as especialidades de Neurologia ou Geriatria, dependendo da faixa etária. A partir daí, é feita uma avaliação neurológica do estado mental, através de um teste no qual o paciente responde algumas questões e também uma ressonância de crânio, para detectar o quadro de atrofia do cérebro.

Após o diagnóstico positivo, o tratamento é realizado por meio de medicação de alto custo, fornecido pelo Estado, e o paciente passa a ser acompanhado pelo neurologista ou geriatra, a fim de controlar a progressão da doença.

Os principais sinais de alerta para a doença são: déficit de memória recente, alterações de comportamento, humor e do ciclo de sono e vigília, mudanças na personalidade, dificuldade para realizar tarefas habituais, de raciocínio e para se comunicar, desorientação no tempo e no espaço, diminuição da capacidade de juízo e de crítica, entre outros.

De acordo com a Secretaria da Saúde de Valinhos, é comum que os primeiros sintomas dos pacientes sejam o esquecimento de acontecimentos recentes, esquecer a comida no fogo, torneira aberta ou repetição de falas com intervalos de tempo curtos, por exemplo.

“Se a pessoa possui histórico familiar positiva para o Alzheimer, é necessário ficar mais atento ainda a esses pequenos sinais que começam a aparecer. Por isso é tão importante os check-ups da saúde com frequência”, comentou o secretário da Saúde, Marcelo Cosentini.

Segundo o Ministério da Saúde, alguns hábitos ajudam a prevenir a doença, como ter uma vida ativa e com objetivos, praticar atividade física regular por, pelo menos, 150 minutos por semana, controlar os fatores de risco cardiovascular, como hipertensão e diabetes, procurar estudar e adquirir conhecimento, trabalhar a capacidade de concentração e dormir bem.

 

Autor: Departamento de Comunicação - Prefeitura de Valinhos
Local: Valinhos
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia