Ir para o conteúdo

Prefeitura de Valinhos e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura de Valinhos
Acompanhe-nos:
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
ABR
09
09 ABR 2024
SAÚDE
Dengue: Centro de Atendimento e Diagnóstico inicia atividades nesta 4ª feira
enviar para um amigo
receba notícias
Unidade da Prefeitura é exclusiva para atender pacientes com a doença e ficará na Santa Casa; local recebeu últimos preparativos para abertura 

A Prefeitura de Valinhos, por meio da Secretaria da Saúde, realizou nesta terça-feira (9) os últimos preparativos para abertura do Centro de Atendimento e Diagnóstico de Dengue (CADD). A unidade – que atenderá exclusivamente pacientes com sintomas da doença – funcionará a partir desta quarta-feira (10), dentro da Santa Casa de Misericórdia, no anexo que anteriormente abrigava o setor de oncologia.

A medida atende à solicitação do Comitê Municipal de Prevenção e Controle de Antropozoonoses e visa, justamente, descentralizar a busca por atendimentos na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) durante a semana. 

O Comitê foi criado em 12 de março para acompanhar e estabelecer estratégias e ações voltadas à prevenção da dengue e outras arboviroses, além de ampliar medidas de enfrentamento à doença.

FUNCIONAMENTO E SERVIÇOS

Segundo a Secretaria da Saúde, o funcionamento do CADD será de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, ao invés das 8h às 17h, como anunciando na segunda-feira (8). A alteração de horário visa ampliar ainda mais o atendimento para pacientes com sintomas da doença. Após esse horário e também nos fins de semana, as pessoas com sintomas da doença seguem sendo atendidas na UPA, que prosseguirá realizando testes rápidos para constatar a enfermidade.

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana três linhas de ônibus, sendo uma municipal e outras duas metropolitanas, levam até o CADD. São elas: Linha 527 – Santa Casa/Hospital Galileo, 674 – Vinhedo/Campinas Via Valinhos e 675 – Valinhos/Campinas (Centro).

ATENDIMENTOS

No CADD serão realizados testes rápidos para a dengue em pacientes que apresentarem os seguintes sintomas: febre alta, acima de 38,5ºC e com duração de 1 ao máximo 7 dias, assim como, pelo menos, mais duas queixas associadas, sendo elas dor de cabeça, dor atrás dos olhos, manchas avermelhadas no corpo, principalmente tronco, braços e pernas; cansaço extremo, dor muscular ou dor nas articulações. 

O protocolo de atendimento do CADD será feito pela recepção e, em seguida, pela triagem para verificação dos sintomas citados acima. 

Caso testar positivo, o paciente passará pelo médico, receberá uma Carteirinha de Acompanhamento da Dengue e também receberá hidratações venosas na unidade. Caso seja prescrito pelo médico, ou sendo considerado paciente de caso leve, será orientado para se hidratar em casa. 

Os casos leves, que se enquadrarem nos grupos A e B, serão acompanhados por telemedicina. Já os casos mais graves, que se enquadram nos grupos C e D, serão direcionados para atendimento na UPA ou na Santa Casa, dependendo da avaliação clínica. 

O Centro de Atendimento e Diagnóstico de Dengue também fornecerá atestados para os pacientes positivos, sendo o prazo de repouso estabelecido pelo médico. Já os medicamentos prescritos para pacientes poderão ser retirados na Farmácia 24 horas, ao lado da UPA, ou nas próprias farmácias das Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

No CADD também serão realizadas as coletas de exames laboratoriais, como o hemograma, para os todos os pacientes. 

As reavaliações serão realizadas por telemedicina para casos mais leves e no próprio CADD para casos mais graves. Se houver a necessidade de acompanhamento de hemograma também será realizada na unidade. 

DECRETO

Desde 21 de março Valinhos está em estado de emergência para que possa adotar todas as medidas administrativas e assistenciais necessárias à contenção do aumento do número de casos de arboviroses no município, que está com mais de 2 mil casos confirmados da doença. A cidade vizinha, Campinas, já tem mais de 44 mil casos confirmados. 

A medida foi publicada na edição extra dos Atos Oficiais, por meio do Decreto n° 12040/2024, e o estado de emergência garante mais agilidade e flexibilidade nas medidas de combate à dengue, como compras de insumos, medicamentos e contratações de serviços, assim como a contratação da Santa Casa para abrigar o Centro de Atendimento da Dengue.  

Outras nove cidades também decidiram pela adoção desta medida de combate à doença na região de Campinas. São elas: Artur Nogueira, Campinas, Holambra, Pedreira, Jaguariúna, Santo Antônio de Posse, Vinhedo, Louveira e Itapira. 

MAIS AÇÕES

A Secretaria está com várias ações para conter o avanço da dengue, como bloqueios mecânicos de casos suspeitos de dengue, com eliminação de criadouros; busca ativa; nebulização em bairros, além do aumento de médicos na UPA, ampliação da recepção da unidade, com tenda de atendimento, aquisição de materiais e insumos; e a descentralização do atendimento com a disponibilização das UBS Bom Retiro, Jardim Paraíso e São Marcos, no período das 16h às 18h30, de segunda a sexta-feira, para que possam receber pacientes sem a necessidade de agendamento e realizar testes de dengue.

Autor: Departamento de Gestão e Jornalismo - Prefeitura de Valinhos
Local: Valinhos - SP
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia