Ir para o conteúdo

Prefeitura de Valinhos e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Valinhos
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
07
07 NOV 2022
EDUCAÇÃO
Escolas municipais do bairro Macuco em Valinhos promovem a 10ª Semana Literária 
Foto Noticia Principal Grande
Na Semana Literária, alunos da EMEB Macuco participam da roda de conversa com Nikita Nhandeva, indígena, moradora em Valinhos.
enviar para um amigo
receba notícias
A partir desta 2ª feira (7) as EMEB’s (Escola Municipal de Educação Básica) Tomoharu Kimbara, de Ensino Fundamental, e Antônio Favrin, de Educação Infantil, ambas localizadas no bairro Macuco, em Valinhos, promoverão com o apoio da Secretaria de Educação a tradicional Semana Literária com a participação dos alunos e educadores das unidades em sua 10ª edição. A atividade, que teve a sua última edição realizada em 2019, retorna após 2 anos suspensa em razão da pandemia da Covid-19, é uma semana muito esperada pela comunidade escolar localizada na área rural do município.

A prefeita Capitã Lucimara destaca que a promoção de atividades extracurriculares como as Semana Literárias em complemento ao aprendizado são essenciais para aumentar a qualidade de ensino na rede municipal e estão dentro das propostas do Programa Municipal Valinhos Educação Inovadora. “Todos os esforços da Prefeitura, por intermédio da Secretaria de Educação, estão sendo empenhados levando aos alunos que fazem parte do sistema municipal de ensino novos projetos pedagógicos que, de forma lúdica, criativa e com muito comprometimento dos educadores têm contribuído diariamente para garantir ainda mais qualidade no processo educacional e na recuperação dos conteúdos prejudicados em razão do período mais crítico da pandemia quando o aprendizado teve que ser de forma remota”, diz a prefeita.

De acordo com a direção das EMEB’s Tomoharu Kimbara e Antônio Favrin, por se tratar de unidades escolares que estão localizadas em uma área rural, a Semana Literária contribui para a diversificação no aprendizado dos alunos. “Os estudantes dessas escolas têm uma carência no acesso à diversidade cultural, literária e artística. Nesse sentido, esse projeto veio acrescentar na inserção de oportunidades ao acesso a essas diversas manifestações. Com o decorrer dos anos, as atividades foram aprimoradas de modo que os próprios alunos fossem os protagonistas divulgando obras literárias que gostaram, recitando poesias, apresentando peças teatrais, danças e contação de histórias”, conta a diretora das EMEB’s, Tatiana Frare Chamma.

A Secretária de Educação, Claudineia Vandemiatti Serafim, destaca que a edição de 2022, que vai ser promovida entre os próximos dias 7 e 11, terá como eixo norteador ‘Povos originários: Presente’, em homenagem aos povos indígenas do Brasil que já habitavam o território nacional antes da chegada dos portugueses. “Esta atividade promovida pela direção e coordenação das EMEB’s Tomoharu Kimbara e Antônio Favrin são de grande importância histórica e cultural, num esforço comum em tornar o aprendizado ainda mais envolvente e atrativo”, considera a secretária. 

Segundo a coordenadora pedagógica Mara Marta Francisco Felipe desde o início a proposta do evento sempre foi reunir, durante uma semana na escola, apresentações teatrais, contações de histórias, palestras de escritores, apresentações musicais e todo tipo de manifestação cultural e artística. “Com o decorrer dos anos, as atividades foram aprimoradas de modo que os próprios alunos fossem os protagonistas divulgando obras literárias que gostaram, recitando poesias, apresentando peças teatrais, danças e contação de histórias”, fala.

“Nesta edição pretendemos trazer um pouco de conhecimento sobre a realidade desse povo que tanto tem sofrido historicamente em um país que é seu desde milênios antes do início da colonização portuguesa. Além disso, outras questões reais ou fictícias serão abordadas de acordo com a criatividade de cada um. Afinal estamos falando do mundo fascinante da Literatura”, reforça a coordenadora pedagógica Mara. 

Veja abaixo a programação completa da Semana Literária: 

CRONOGRAMA DA 10ª SEMANA LITERÁRIA DAS EMEB’s TOMOHARU KIMBARA E ANTÔNIO FAVRIN

07/11/22

07H15: Abertura da 10ª Semana Literária
07H30: Apresentação musical: Planeta Azulzinho (alunos do infantil e professora Mílvia Fernanda Gonçalves);  
07H30: Apresentação da história: Tulu (alunos do 1ºano e professora Conceição); 
07H30: Apresentação cultural: Na diferença, somos todos iguais (alunos do 2º e 3º anos e professora Sarah);
07H30: Biografia de Sebastião Salgado e Artemica Xakriabá e poema visual ou concreto sobre eles (alunos do 4º e 5ºanos e professora Maria Inês De Castro Guedes);
10H00: Roda de conversa com alunos do fundamental I e educação infantil (Nikita Nhandeva):
13H00: Roda de conversa com alunos do fundamental II (Nikita Nhandeva);
15H00: Empreendendo com lenços  (professora Maria Luíza Britto Zeferino);
15H00: Café literário: O Ecossistema da Desinformação e a questão amazônica (professor César Augusto Gomes);
15H00: Oficina: Cerâmicas originárias (professora Fabíola Pereira Cordón );
16H30: Apresentação musical e roda de conversa sobre música clássica (Musicista Ana Caroline De Lucena Uchôa Durbano);

08/11/22

07H30: Contação de história: Gralha Galhosa (Felipe Macedo)
10H00: Contação de história: Pedro Malasartes (professor Luciano Correa)
13H30: Oficina de réplica de cerâmica indígena (professora Andreia Mascarenhas Silva Bulgarelli);
13H30: Roda de conversa: O respeito as culturas indígenas (professor Wellington Aldo Paiva de Souza);
13H30: Oficina  (professora Isabela Sabbatini);
15H00: Estatisticando sobre povos indígenas (professor Tiago Da Silva Fonseca e alunos do Fundamental II);
16H00: Sessão cinema; Uma história de amor e fúria (alunos do Fundamental II)

09/11/22

07H30: Oficina: Identidade dos povos originários por meio do retrato (professora Nadir Vidal);
07H30: Oficina: Pulseiras de Macramê (professora Célia Anníbal e alunos do 9ºano);
07H30: Oficina: Brincadeiras indígenas (professora Luciana Gava De Camargo);
07H30: Oficina: Jogos Indígenas (professora Sarah Maldonado)
13H00: Oficina: PETPOEMA (Kátia Sentinaro)
13H00: Café literário: Ativistas: a vida por uma causa coletiva (professora Andreia Mascarenhas Silva Bulgarelli );
15H00: Oficina culinária: Tapiocando na matemática (professora Célia Trois, Edinelma Queiroz e alunos do 7ºano);
15H00: Pulseiras de Macramê (professora Célia Anníbal); 
15H00: Oficina de Trovas (Kátia Sentinaro e Flávio Levy);
16H30: Oficina de réplica de cerâmica indígena (professora Andreia Mascarenhas Silva Bulgarelli);
16H30: Escrita, terror e realidade: Por que obra e autor não se separam (Dominique G.C.Q Guimarães Thielemann);

10/11/22

07H30: Apresentação de livros paradidáticos (alunos da Educação Infantil e Fundamental I);
10H00: Apresentação interativa de capoeira (professor Ronaldo Lopes Ferreira);
13H00: Contação de história: O caso das almas penadas (professor Odilon Marciano Da Mata);
13H30: Roda de conversa: Perspectivas e desafios da educação indígena (John Alexandre Dias Restrepo);
15H00: Roda de Conversa (Estudantes Indígenas da UNICAMP);

11/11/22
07H00:Caminhada Poética (alunos do Fundamental I)
13H00: Caminhada Poética (alunos do Fundamental II);
Fonte: Departamento de Comunicação - Prefeitura de Valinhos
Local: Valinhos - SP
Seta
Versão do Sistema: 3.2.10 - 11/01/2023
Copyright Instar - 2006-2023. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia