Ir para o conteúdo

Prefeitura de Valinhos e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Valinhos
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
31
31 MAR 2022
CULTURA
Após reforma e revitalização, estação Ferroviária será utilizada como equipamento cultural 
Foto Noticia Principal Grande
Depois da obra
enviar para um amigo
receba notícias
PROCESSANDO ÁUDIO

Projeto foi baseado no conceito de manutenção arquitetônica, conciliando a modernização e urbanismo do entorno 

 

A Prefeitura de Valinhos, por meio da Secretaria da Cultura em parceria com a Associação de Preservação Histórica de Valinhos (APHV), está desde março do ano passado investindo na reforma e revitalização da Estação Ferroviária de Valinhos, onde está o Museu Municipal Fotógrafo Haroldo Ângelo Pazinatto. Com a inauguração nesta sexta-feira (1º de abril), o trabalho começou com a limpeza e dedetização predial até a iluminação, que passou a ser de lâmpadas de LED. A ideia é transformar a estação em história viva, utilizando o espaço como equipamento cultural.

“Foi um investimento na história da cidade. Não para ficar um local estagnado, mas sim para abrigar a movimentação cultural, com ações em prol da população”, explicou a prefeita Capitã Lucimara Godoy. Segundo ela, o trabalho contou com o auxílio também das Secretarias de Serviços Públicos (SSP) e de Mobilidade Urbana. 

O projeto foi baseado no conceito de manutenção arquitetônica, conciliando a modernização e urbanismo do entorno. “A primeira ação foi promover a limpeza do local, com corte de matos, e a dedetização predial”, relembrou o secretário da Cultura, Ricardo do Vale. Segundo ele, foi necessário rever a parte hidráulica e elétrica do prédio, que era antiga, além de troca de vidros.

“Também foi feita a pintura predial, tanto interna como externa. A preocupação foi sempre manter as características arquitetônicas”, acrescentou o secretário. Outra mudança necessária foi a iluminação interna e externa, que passou a ser de LED. “Também foi preciso investir na modernização das estantes, que foram doadas pela associação de preservação. Foi preciso repaginar a área interna, organizando a cronologia histórica”, explicou o secretário.

Cultura viva

Na Estação foram colocados totens informativos de aço inox. “No local terá ações culturais. Vamos transformar o espaço histórico num espaço vivo”, garantiu o secretário da Cultura. Entre as ações estão o Projeto Estação Cultural, que será debates e eventos; o Papo na Estação, que prevê encontros com músicas; e exposições, entre outros. 

“Estamos trabalhando no Projeto Museu Escola, que deve vigorar ainda este ano, que visa levar as crianças da cidade para dentro do museu em visitas organizadas”, detalha o secretário. Para ele, transformar o museu em equipamento cultural é manter a história viva, com a ocupação do espaço público, levando o valinhense a cuidar da sua preservação.

O complexo ferroviário é o único patrimônio histórico em concessão à Prefeitura de Valinhos pelo governo federal, onde está o Museu e Acervo Municipal Fotógrafo Haroldo Ângelo Pazinatto.  

Antes da obra
 
Autor: Departamento de Comunicação - Prefeitura de Valinhos
Local: Valinhos - SP
Seta
Versão do Sistema: 3.2.6 - 05/09/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia