Ir para o conteúdo

Prefeitura de Valinhos e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Valinhos
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUL
20
20 JUL 2022
ASSISTÊNCIA SOCIAL
Prefeitura registra aproximadamente 14 mil atendimentos individualizados nos CRAS’s neste 1º semestre de 2022
enviar para um amigo
receba notícias
No 1º semestre deste ano, a Secretaria da Assistência Social da Prefeitura de Valinhos, na linha das ações constantes do plano de governo da Prefeita Capitã Lucimara, registrou importantes avanços, incluindo os atendimentos individualizados, familiares, acolhimentos, campanhas, investimentos em cursos, ações integradas com a saúde e qualidade de vida, doação de cestas básicas aos usuários e eventos. O balanço do semestre apresenta números importantes, que refletem o trabalho desenvolvido pelas equipes da área social da Prefeitura. Somente o Sistema Nacional de Assistência Social (SNAS) registrou 13.913 atendimentos individualizados, realizados pelos quatro CRAS’s (Centro de Referência da Assistência Social) da cidade à população.

“Foi um semestre com muitas ações e, felizmente, os resultados foram positivos, garantidos pela satisfação da população. Pudemos colaborar de várias formas com as famílias e os indivíduos, seja com a formação profissional, seja pela qualidade de vida ou pelo atendimento às necessidades diversas. A busca é sempre por melhorias na prestação dos serviços”, enfatizou a prefeita Capitã Lucimara Godoy.

“Procuramos entender às necessidades da população. Assim, tentamos ajudar da melhor forma possível, oferecendo condições para que possam sempre melhorar”, explicou o secretário da Assistência Social, Argeu Alencar da Silva. Segundo ele, cada equipe da Pasta prestou um tipo de serviço, visando satisfazer estas necessidades. “Neste 1º semestre desenvolvemos muitas ações”, acrescentou o secretário.

Dentro ainda do atendimento pelos CRAS’s, 375 famílias foram encaminhadas para a inclusão no Cadastro Único, enquanto 462 fizeram sua atualização. Já nas atividades coletivas, como participação em palestras, oficinas e outras atividades, foram atendidas 501 pessoas. Pelo SNAS, neste período também foram computados 1.034 acompanhamentos pelo PAIF (Programa de Atenção Integral à Família).

“O CREAS (Centro de Referência Especializado da Assistência Social) realizou o atendimento de 635 famílias neste semestre, sobretudo com apoio importante neste período de pandemia, atendendo às famílias em vulnerabilidade social, dentro das Políticas Públicas Sociais traçadas pela gestão da prefeita Capitã Lucimara”, acrescentou o secretário.

Atendimento às necessidades
Além do atendimento feito pelas unidades públicas, a Secretaria voltou seu olhar para as famílias. Em junho, finalizou a 1ª turma do Programa Famílias Fortes, que visa colaborar na estrutura de famílias com adolescentes entre 10 e 14 anos, com participação dos pais e dos filhos. O objetivo do programa é fortalecer os vínculos afetivos, por meio de atividades desenvolvidas com vídeos, produção de materiais, rodas de conversa e outros.

O programa é do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos do Governo Federal. Ao todo, nesta 1ª turma atendeu sete famílias, no Centro de Convivência do Idoso (CCI) Roque Palácio. Para o 2º semestre já estão previstas mais duas turmas. Uma para iniciar ainda este mês, já com 24 famílias inscritas, e outra em agosto, com adesão de sete famílias, no momento. Quem tiver interesse, basta procurar o CRAS que atende a família ou pelo telefone/WhatsApp: 19-3829-4287 ou e-mail: departamentodafamilia@valinhos.sp.gov.br, do Departamento de Desenvolvimento e Fortalecimento da Família.

Este trabalho rendeu à cidade o Selo Município Amigo da Família, uma vez que cumpriu todos os pré-requisitos em sua implantação. O adereço tem por finalidade fomentar a adoção de políticas públicas familiares pelos municípios brasileiros, para fortalecer os vínculos familiares em seu território, por meio do reconhecimento público dos municípios. Após setembro deste ano será definida uma data para a emissão do selo físico.

A Secretaria atendeu ainda as famílias em situação de vulnerabilidade com a doação de cestas básicas. “No período de 1º de janeiro a 30 de junho deste ano, foram distribuídas 2,1 mil cestas básicas para o usuário atendido nos serviços da Secretaria, um benefício eventual, previsto em lei. Muitas famílias ainda precisaram de ajuda, porque foi um período difícil em função da pandemia”, explicou o secretário.

Criada no final do ano passado, já foram entregues 35 Carteiras de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro de Autista (CIPTEA). O documento garante atenção integral, pronto atendimento e atendimento prioritário a esses munícipes nos serviços públicos e privados. Interessados em adquirir o benefício devem comparecer ao CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) mais próximo da residência.

Qualidade de vida para todos
Conforme o secretário, outra ação bastante positiva é o atendimento às pessoas em situação de rua pelo Serviço de Abordagem Social (SEAS), que acolheu 773 pessoas na Operação Inverno, ainda em andamento, com finalização no dia 21 de agosto. O acolhimento é feito tanto no Abrigo Municipal do Joapiranga como no Abrigo Emergencial de Inverno, no Centro Comunitário da Vila Progresso.

Ao todo, a cidade conta com 50 vagas. Destas, 20 vagas são no Abrigo Emergencial e o abrigo municipal do Joapiranga tem 25 vagas masculinas e cinco para o público feminino. Os acolhidos recebem um kit de higiene pessoal, jantar, banho e local para dormir, além de um chá. Às 7 horas, antes de deixar o local é oferecido o café da manhã. “Para quem prefere ficar nas ruas, oferecemos os cobertores”, afirma o secretário.

Com retorno gradativo em março deste ano, em função da pandemia, o Centro de Convivência do Idoso (CCI) oferece várias atividades aos idosos, com 60 anos ou mais, visando à saúde global. Valinhos é hoje considerada a cidade com maior índice de longevidade do Estado de São Paulo, com 16,74% de população com 60 anos ou mais, enquanto o Estado tem 15,75% e a RMC tem 15,59%.

“Os números são crescentes porque muitos idosos se aposentam e vem morar aqui”, afirmou o secretário de Assistência Social. No CCI, o idoso tem Teatro, às segundas-feiras, 9 horas e 14 horas. Já os Jogos de salão são às segundas, quartas e sextas-feiras, das 12 horas às 16 horas. E a Ginástica tem às terças e quintas-feiras, sempre das 7h30 às 8h30 e 13h30 às 14h30.

Tem ainda a Ginástica Lian Gong às terças e quintas-feiras, das 14h30 às 15h30. Na quarta-feira, tem Violão, às 10h30, assim como Dança de salão para casal, às 13h30, além do crochê, a partir das 14 horas. Há ainda a Oficina da Memória às segundas, quartas e quintas-feiras, às 13:30, além do Projeto Peixe & Cia, em conjunto com o DAEV (Departamento de Águas e Esgoto de Valinhos), às terças e quintas-feiras, a partir das 7 horas, na Lagoa das Figueiras.

Com 39 anos de atividades, o CCI também promove vários eventos, visando ao desenvolvimento social, mental e emocional. Em junho teve a palestra sobre o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra Idoso, celebrado no dia 15, ministrada pela diretora do SUAS, a advogada Rachel Lavorenti Rocha Pardo, além da caminhada pela Praça Washington Luís.

Todo ano, o encerramento do semestre é feito com uma grande festa junina, no “Arraiá do CCI”. Ocorrida no dia 30 de junho, o evento começou com o casório, com cinco idosos do grupo de Teatro, a tradicional quadrilha, bingo com muitas prendas e um lanchinho. Ao todo, o CCI tem mais de 1,3 mil idosos, que não perdem nenhum evento.
 
Autor: Departamento de Comunicação - Prefeitura de Valinhos
Local: Valinhos - SP
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia