Ir para o conteúdo

Prefeitura de Valinhos e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Valinhos
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
17
17 AGO 2022
SEGURANÇA PÚBLICA
Prefeita Capitã Lucimara amplia investimentos em mais armas não letais para Guarda Civil Municipal
enviar para um amigo
receba notícias
A prefeita Capitã Lucimara Godoy anunciou nesta semana a compra de novas armas não letais e dispositivos de proteção individual para uso da Guarda Civil Municipal de Valinhos, cuja aquisição foi publicada no Boletim Municipal com investimentos na ordem de R$ 52 mil. Foram adquiridos pistolas elétricas incapacitantes (conhecidas popularmente por armas de choque), coldres, spray de gás pimenta e capacetes balísticos. No ano passado e no começo deste ano, a prefeita já entregou lotes de equipamentos não letais para uso da corporação, seguindo tendência mundial de preservação à vida e minimizar os danos físicos nos suspeitos durante a sua detenção.

"Estamos investindo constantemente na segurança da população de Valinhos e, seguindo neste ritmo, determinamos a aquisição de mais um lote de armas não letais para a Guarda Civil Municipal, dispositivos que permitem ao guarda municipal o uso gradual da força durante determinadas operações de detenção de suspeitos, com preservação da vida e imobilização", explicou a prefeita Capitã Lucimara Godoy.

Para o secretário de Segurança Pública e Cidadania, Osmir Cruz, as armas não letais conferem aos guardas municipais a capacidade para empregar a força de forma gradual, reduzindo-se situações nas quais o uso da arma de fogo seja necessário. "Atualmente o criminoso em fuga tem quase a certeza que o agente não vai atirar nele com uma arma de fogo, porém a situação muda quando o meliante se vê diante de uma arma de choque paralisante, cujo efeito ninguém quer sentir", avalia o secretário. O equipamento emite pulsos elétricos que atuam sobre o sistema neuromuscular, causando desorientação, fortes contrações musculares e queda do indivíduo, permitindo a incapacitação temporária do agressor e sua rápida detenção.

Inspetores e subinspetores da Guarda Civil Municipal já passaram por treinamentos no começo do ano para uso de armas não letais, principalmente as pistolas elétricas que emitem dardos energizados que paralisam momentaneamente os suspeitos em perseguição, e já fazem uso desses equipamentos durante patrulhamento pela cidade. "Além das pistolas elétricas incapacitantes, as equipes portam também os sprays de gás pimenta que podem ser lançados a alguns metros dos suspeitos, sem oferecer risco de morte e que tornam a ação policial altamente eficiente", explicou o comandante da Guarda Civil Municipal, Aparecido Ignácio.


38 ANOS DA GCM
Em outubro do ano passado, por ocasião do 38° aniversário de atividades da Guarda Civil Municipal de Valinhos, a prefeita Capitã Lucimara Godoy entregou para uso da corporação o primeiro lote de armas não letais. Na sequência, no início de 2022, houve um novo investimento, desta vez em pistolas elétricas incapacitantes, e esta semana a prefeita anunciou a chegada de um terceiro lote de novos dispositivos. 

"Guarda Civil Municipal equipada e treinada significa população mais segura e protegida", salientou a prefeita.
Autor: Departamento de Comunicação - Prefeitura de Valinhos
Local: Valinhos
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia