Ir para o conteúdo

Prefeitura de Valinhos e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura de Valinhos
Acompanhe-nos:
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
FEV
26
26 FEV 2024
SERVIÇOS PÚBLICOS
Remoção ou poda de árvores: entenda as diferenças, como e quando solicitar
Foto Noticia Principal Grande
Crédito da foto: Lucas Teles (PMV)
enviar para um amigo
receba notícias

Com o surgimento de muitas dúvidas sobre quando solicitar a remoção ou a poda de uma árvore, a Prefeitura de Valinhos – por meio da Secretaria de Serviços Públicos, a partir do Departamento de Gestão e Zeladoria – preparou uma matéria esclarecendo e explicando tudo sobre o assunto. 

“É muito importante que os munícipes tenham acesso às informações. Muitas vezes visualmente a árvore parece saudável e florida, mas por dentro ela apresenta diversos problemas que podem ocasionar risco à população, sendo necessária a supressão”, destacou o secretário da pasta, Mário Ivo Mengon. 

REMOÇÃO OU PODA

A supressão (remoção) geralmente é recomendada em caso de árvores que apresentam riscos de queda acentuado, espécies inadequadas ou quando o dano ao patrimônio é de alta magnitude e praticamente impossível de ser reparado sem a remoção da árvore.

Já a poda é recomendada em caso de árvores que se apresentem saudáveis, porém possuindo alguma interferência negativa ao espaço urbano, como por exemplo a existência de galhos atrapalhando a passagem de pedestres (poda de levantamento), a fiação elétrica e a visualização de placas de trânsito (poda de adequação).

A poda também pode ser utilizada para controle de pragas e manutenção do estado fitossanitário das árvores, como por exemplo a retirada de galhos infectados com erva-de-passarinho em ipês-amarelos, ou a retirada de galhos secos na região mais sombreada de uma sibipiruna. A esse tipo de poda damos o nome de poda de limpeza.

“A poda de rebaixamento é utilizada em casos mais restritos, geralmente relacionada à tentativa de rebrota de uma árvore já debilitada”, explicou a engenheira agrônoma e diretora do departamento, Fernanda Capovilla.

As podas e supressões em Valinhos são autorizadas em situações específicas, sendo necessário atender pelo menos um dos sete itens permitidos pela Lei nº 3.868/2004. 

COMO SOLICITAR

Para fazer o pedido de avaliação de poda ou supressão de árvores, seja em passeios ou áreas públicas, o cidadão pode abrir um requerimento via sistema ‘Valinhos 360/1Doc’ (https://valinhos.1doc.com.br/atendimento), pelo telefone 156 ou pela ouvidoria municipal.

ANÁLISE

O pedido será direcionado à pasta de Serviços Públicos, aos cuidados do Departamento de Gestão e Zeladoria. A solicitação será analisada, com pedido que será encaminhado ao engenheiro agrônomo, que faz a vistoria in loco.

A árvore é avaliada conforma legislação vigente e analisando seus aspectos fitossanitários. Após a avaliação, é definido o procedimento necessário: se poda ou supressão (corte). 

É importante que o munícipe saiba que mesmo depois de aprovada a poda ou remoção da árvore, é necessário, em alguns casos, aguardar o fechamento da via e desvio do trânsito pelas equipes de mobilidade urbana. Também há casos que há a necessidade de apoio da CPFL para preservação da fiação e desligamento temporário da energia ou a locação de caminhão específico para realizar o serviço. 

COMPENSAÇÃO

As árvores que são suprimidas após a avaliação dos especialistas, são compensadas com um novo plantio de muda no local. 

Cada munícipe pode retirar até cinco mudas específicas para arborização urbana, escolhendo entre as seguintes espécies: Ipê-branco, Ipê-amarelo, Cambuci, Pau-brasil, Oiti, Aroeira-pimenteira, Jabuticaba, Pitanga, Resedá, Aroeira-salsa e Ipê-roxo.


 
Autor: Departamento de Gestão e Jornalismo - Prefeitura de Valinhos
Local: Valinhos - SP
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia