Ir para o conteúdo

Prefeitura de Valinhos e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Valinhos
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
FEV
17
17 FEV 2022
SAÚDE
COVID-19: Dia E de vacinação em crianças, incluindo jovens e adultos, será neste sábado das 8h00 às 12h00 em Valinhos
enviar para um amigo
receba notícias

A vacinação será realizada na Vila Santana em dois endereços, nos prédios do CETS e da Vigilância Epidemiológica, mediante a entrega de senhas

 

Neste sábado (19), em Valinhos, das 8h00 às 12h00, será realizado pela Prefeitura o Dia E de Vacinação Contra a Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos que irão receber a primeira dose da vacina. Adolescentes a partir dos 12 anos, adultos e idosos também poderão se vacinar na mesma oportunidade para atualização do esquema vacinal com 1ª, 2ª ou 3ª doses. O objetivo do Dia E é ampliar a cobertura vacinal entre as crianças que em Valinhos, desde que a vacinação começou para a faixa etária dos 5 aos 11 anos, apenas 36,37% do total deste público alvo, que corresponde a 12,2 mil, foram levadas pelos seus responsáveis legais aos postos de imunização disponibilizados pela Prefeitura de Valinhos.

O índice de vacinação em crianças é considerado abaixo do esperado pela Secretaria de Saúde do município que contabiliza no último balanço, com dados até a tarde desta quarta-feira (16), 4.449 crianças vacinadas. Outro dado que preocupa a divisão de Vigilância Epidemiológica da secretaria de Saúde da Prefeitura de Valinhos é o aumento dos casos da doença entre as crianças na cidade. Um levantamento aponta que, em dezembro, a média era de, apenas, 3 a 4 casos de Covid em crianças, por semana e, nos últimos dias de Janeiro, este número aumentou 35 vezes, com 140 casos semanais.

“Por isso fazemos um apelo aos pais para que levem seus filhos à vacinação, tanto neste sábado, no Dia E, como durante toda a semana onde a vacina é disponibilizada em todas as UBS’s, mas com agendamento. Mesmo não sendo obrigatória, a vacinação é uma aliada fundamental para evitar os sintomas mais graves da doença, ainda mais agora com a presença da variante Ômicron, que é mais contagiosa e tem aumentado, expressivamente, o número de casos em crianças na cidade”, destaca a prefeita Capitã Lucimara.

Onde se vacinar no Dia E

A vacinação deste sábado no Dia E será realizada na Vila Santana em dois endereços, mediante a entrega de senhas, sem a necessidade de agendamento prévio. Para a vacinação das crianças de 5 a 11 anos a aplicação será no prédio da Vigilância Epidemiológica, anexo à UBS, nº 144, na Vila Santana, com entrada pela Avenida Brasil, das 8h00 às 12h00, e distribuição de 300 senhas. Para crianças de 5 anos e imunosuprimidas, o imunizante indicado, conforme recomendações do Ministério da Saúde, é o da Pfizer. É obrigatório que as crianças estejam acompanhadas pelos pais ou responsáveis legais. Após a vacinação, a criança deverá permanecer por 20 minutos em observação no local até ser liberada pelo profissional de Saúde.

Já para a aplicação das doses (1ª e 2ª doses) em adolescentes a partir dos 12 anos, em adultos e idosos (1ª, 2ª e 3ª doses) serão reservadas 500 senhas e a vacinação, mediante os imunizantes disponíveis, será no CETs (Centro de Estudo e Treinamento em Saúde), na Rua Bahia, snº, na Vila Santana, também das 8h00 às 12h00.

Documentos necessários

Os documentos que devem ser apresentados para adultos são o CPF e o comprovante de endereço no nome da pessoa e, se não tiver endereço no nome, levar declaração registrada em cartório. Se adolescentes, o comprovante de endereço pode ser nome dos pais. Já as crianças de 5 a 11 anos devem levar, além do CPF ou Cartão SUS e do comprovante de endereço, a carteirinha de vacinação.

Também é necessário, para as crianças imunossuprimidas apresentar uma carta do médico para comprovação que deverá ser entregue e ficará arquivada. Os pais ou responsáveis devem fazer, também, o pré-cadastro das crianças no site www.vacinaja.sp.gov.br. Que ajuda a agilizar o atendimento no momento da vacinação, evitando filas e aglomerações.

Abaixo você pode se informar sobre os intervalos entre as doses para todas as faixas etárias, bem como os imunizantes indicados. Também se orientar quanto aos locais de vacinação para as crianças de 5 a 11 anos durante a semana, nas Unidades Básicas de Saúde, com a necessidade de agendamento prévio pelo site valinhosportal.sissonline.com.br, além dos locais para vacinação de adolescentes a partir de 12 anos, adultos e idosos (sem necessidade de agendamento prévio).

INTERVALOS ENTRE AS DOSES:

Janssen: a partir dos 18 anos e com intervalo de 61 dias entre a primeira vacina e a dose adicional, contados a partir do dia seguinte da aplicação da primeira dose, com imunizante da própria Janssen (quando houver) e da Pfizer. A aplicação é feita no CETS e posto da Vigilância Epidemiológica;

Pfizer:

- 5 anos ou imunossuprimidas: intervalo de 56 dias entre a 1ª e a 2ª dose, contados a partir do dia seguinte de aplicação da 1ª dose;

- de 12 a 17 anos: intervalo de 56 dias entre a 1ª e 2ª dose, contados a partir do dia seguinte da aplicação da 1ª dose;

- adultos (a partir de 18 anos): intervalo de 21 dias entre a 1ª e a 2ª dose, contados a partir do dia seguinte da aplicação da 1ª dose; e intervalo de 122 dias entre a 2ª e 3ª dose (contados a partir do dia seguinte do recebimento da 2ª dose); com aplicações feitas no CETS e UBS’s.

AstraZeneca (disponível para adultos, a partir de 18 anos)

- adultos (a partir dos 18 anos): intervalo de 56 dias entre a 1ª e a 2ª dose, contados a partir do dia seguinte da aplicação da 1ª dose; e intervalo de 122 dias entre a 2ª e 3ª dose; contados a partir do dia seguinte do recebimento da 2ª dose. Aplicação no CETS e posto da Vigilância Epidemiológica;

Sinovac Butantan - Coronavac:

- crianças e adolescentes (6 a 17 anos): duas doses da vacina, com um intervalo de 28 dias entre a primeira e a segunda.

- adultos: intervalo de 21 dias entre a 1ª e a 2ª dose, contados a partir do dia seguinte da aplicação da 1ª dose;

- adultos: intervalo de 122 dias entre a 2ª e 3ª dose.

ENDEREÇOS E HORÁRIOS DOS LOCAIS DE VACINAÇÃO NA CIDADE:

Vacinação das crianças – crianças de 5 a 11 anos

Sem agendamento prévio: - 13h00 às 15h30

De 2ª a 6ª feira: Posto fixo da Vigilância Epidemiológica, que fica na Avenida Brasil nº144 (em prédio anexo à UBS da Vila Santana)

Com agendamento prévio: - 13h00 às 15h00

De 2ª feira: UBS Bom Retiro, UBS Jardim Jurema, UBS São Marcos, UBS Parque Portugal, UBS Pinheiros e UBS Vila Santana;

De 3ª feira: UBS Paraíso, UBS Jardim Pinheiros, UBS Jardim Jurema e UBS Imperial;

De 4ª feira: UBS Maracanã, UBS Macuco e UBS Portugal;

De 5ª feira: UBS Maracanã, UBS São Marcos, UBS Bom Retiro, UBS Vila Itália e UBS Frutal;

De 6ª feira: UBS Frutal, UBS Paraíso, UBS São Bento, UBS Vila Itália e UBS Vila Santana

Vacinação de adolescentes (a partir de 12 anos), jovens e adultos

- Posto fixo da Vigilância Epidemiológica: o posto funciona na Avenida Brasil nº 144 (em prédio anexo à UBS da Vila Santana) com aplicação de doses conforme disponibilidade, de 2ª a 6ª feira, das 16h00 às 18h30;

- CETS: localizado na Rua Bahia snº, Vila Santana, com aplicação das doses conforme disponibilidade, de 2ª a 6ª feira, das 8h00 às 11h00 e das 13h00 às 15h00, mediante entrega de senhas;

Autor: Departamento de Comunicação - Prefeitura de Valinhos
Local: Valinhos - SP
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia