Ir para o conteúdo

Prefeitura de Valinhos e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Valinhos
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Flickr
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
05
05 AGO 2022
SEGURANÇA PÚBLICA
Guardiã Maria da Penha tem duas novas medidas protetivas contra agressores em ação
enviar para um amigo
receba notícias
PROCESSANDO ÁUDIO
A equipe Guardiã Maria da Penha da Guarda Civil Municipal recebeu na semana passada da Delegacia de Defesa da Mulher duas novas medidas protetivas contra agressores impostas pela Justiça para se manterem distantes das mulheres vítimas de agressão, que já estão em prática pelo grupo de agentes. Somado aos 11 atendimentos desde o início do projeto, são 13 mulheres moradoras de Valinhos protegidas pelo destacamento, criado pela prefeita Capitã Lucimara Godoy para verificar a situação de segurança das vítimas por meio de visitas domiciliares e também encaminha-las, quando necessário, para atendimento aos serviços especializados.

"Infelizmente registramos aumento de casos de violência doméstica contra mulheres, o que acontece também em todo Brasil. Em Valinhos, até junho, foram abertos 136 inquéritos voltados a investigar ataques contra mulheres, segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado, o que representa quase 23 inquéritos instaurados por mês. São números graves e portanto não podemos nos calar enquanto Poder Público, temos que fazer algo para proteger essas vítimas", disse a prefeita Capitã Lucimara Godoy.

A equipe Guardiã Maria da Penha da Guarda Civil Municipal de Valinhos é formada pela subinspetora GCM Rose e GCM Soraia, que trabalham com uma viatura caracterizada no atendimento às mulheres protegidas pela medida judicial. "Diariamente fazemos visitas às vítimas, de forma alternada, e mantemos contato com elas para saber se estão sendo importunadas pelos agressores", explicou a subinspetora. De acordo com ela, o trabalho tem dado resultado, pois três casos já foram solucionados desde o início da ação, em maio, onde os indiciados perderam totalmente o contato com as vítimas.

Nas ruas, a ‘patrulhaʹ Maria da Penha também já ganhou notoriedade por onde passa, e já é reconhecida por pedestres que olham com curiosidade a viatura com adesivo lilás e a logomarca Guardiã Maria da Penha. "Para o projeto e sucesso do trabalho, isso é importante, pois por meio da presença da própria viatura estamos disseminando uma mensagem de respeito entre as pessoas e principalmente às mulheres, público alvo da ação", enfatizou o secretário de Segurança Pública e Cidadania, Osmir Cruz.

De acordo com o comandante da Guarda Civil Municipal, Aparecido Ignácio, a corporação trabalha constantemente para proteção do cidadão, e quando se protege a mulher, a família também é amparada. "Infelizmente não podemos prever quando a violência doméstica vai acontecer, mas depois que acontece, podemos ajudar na proteção daquela família que está desmoronada, para que ela reconstrua um novo caminho", disse Ignácio.

Mais uma ação da prefeita Capitã Lucimara Godoy que vai impulsionar a proteção da mulher é o Projeto de Lei que institui o convênio com o Ministério Público do Estado de São Paulo e está em tramitação na Câmara Municipal. Quando for aprovado permitirá ações diretamente articuladas com o órgão judiciário para aprimoramento da proteção à mulher vítima de violência. "Estamos trabalhando para avançar e aprimorar em todas as frentes possíveis para proporcionar o empoderamento feminino, para que as mulheres percam o medo e vejam o Poder Público como um aliado e protetor da sua integridade e cidadania", enfatizou o secretário.
Autor: Departamento de Comunicação - Prefeitura de Valinhos
Local: Valinhos
Seta
Versão do Sistema: 3.2.6 - 05/09/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia